domingo, fevereiro 03, 2008

Antigos Alunos (3) x Clube Ana (1)

Uma equipa dos Antigos Alunos amorfa, desmotivada e sem garra, com um jogador armado em vedeta, e que não aproveitaram o factor casa para motivarem o público a puxar pela equipa.

A equipa adversária com um comportamento totalmente distinto, vibrava com os pontos, puxavam uns pelos outros.

E a equipa amorfa, desmotivada e sem garra, ganhou...

12 Comments:

At 8:15 da tarde, Blogger MM said...

Parabéns pela vitória aos Antigos Alunos.
Será que o barreto serviu?

 
At 10:48 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O respeito sempre foi uma característica muito dignificante da personalidade humana. Quando se perde o respeito, muitos outros valores já estão esquecidos, como sejam por exemplo a humildade.
Neste fim de semana defrontaram-se dois adversários, é certo, lutando cada um pelo mesmo objectivo, a vitória. Com certeza que só poderia haver um vencedor em cada um dos jogos. Felizmente para as duas equipas e para o interesse do campeonato, deu uma vitória a cada uma.
Contudo o facto de estar em disputa um título, não justifica o uso de armas no terreno de jogo, que ponham em causa a dignidade e o respeito pelo adversário.
Em campo estavam pessoas, algumas delas que já jogaram no passado na mesma equipa, e que a certa altura parecia que se tinham esquecido que as nossas vidas não se acabam com o apito final. Insultos, ofensas, enfim faltas de respeito para com amigos do passado e até mesmo amigos do presente, só mostram uma coisa, há pessoas que fazem por não merecer o respeito. As vitórias pontuais não passam disso mesmo, pontos que ficam somente no placard! As vitórias pessoais, essas sim valorizam a nossa vida e vão connosco no final de cada "disputa". Infelizmente neste fim de semana houve alguns atletas que embora vencedores pontuais, (mais uma vez) sairam com derrotas pessoais.
Desejo realmente que o voleibol a este nível continue a transpirar um espírito de confraternização, alegria, prazer e acima de tudo respeito por todos os adversários, e que o terrorismo psicológico e amrguras pessoais ou frustrações do dia a dia, não ponham em causa a beleza do desporto amador.

Quanto ao campeonato, só me resta manifestar a minha alegria por ver tanto equilíbrio e indecisão. Vamos ter campeonato até ao fim.

 
At 11:02 da tarde, Blogger SPN said...

Eu ia comentar, mas não vou.

 
At 11:34 da tarde, Anonymous Ex Praticante said...

Ena bem.. Bem fixe este blog!
Foi me recomendado por um amigo. Parabéns aos intervenientes.
Ouvi dizer que nos jogos deste fim de semana, houve jogadores que se julgavam retirados da esfera competitiva, voltaram a dar espectáculo de voleibol, made in azores.. Ainda bem. Só fico chateado, comigo próprio, não ter tido tempo para (tempo gasto para bricar com os meus filhotes) assistir a ao que parece ser o novo derby açoriano de voleibol.
Continuem rapazes. O que é nosso é bom..
Só não percebo o porquê do terrorismo psicológico. Terrorismo no desporto? Mas quem fica com medo? Agressividade, desde que saudável, acho que é importante em qualquer desporto colectivo. Senão, é mesmo melhor jogar snooker ou dardos. Desde que não haja agressões (o que no voleibol me parece difícil), o resto faz parte do desporto.
Também acho que se são amigos, devem continuar a sê-lo. O meu grande amigo é do porto, tem mau perder e é tendencioso e eu sou do benfica e sei dar a mão à palmatória, não significa que deixarei de ser amigo por causa disso. Como dizia a minha avó, "sejam amiguinhos".
Uma vitória para cada lado é revelador de bastante luta e vontade das duas equipas. Parabéns às duas.
Mais uma vez, parabéns a este blog.

 
At 12:16 da manhã, Blogger SPN said...

Obrigado ex-praticante pelas palavras elogiosas ao nosso (a partir de agora também teu) blog.
É bom saber que a melhor arma de marketing, o boca-a-boca, já está a funcionar com a nossa Corisca Bancada.
Vai aparecendo.

 
At 3:26 da manhã, Blogger Ricardo said...

Ao MM:

barreto de?

Ou era de mim que estavas a falar?

Pelos vistos deve-se deduzir que sim.

É a tua opinião, que respeito sinceramente.

Só tenho pena de duas coisas:

1) que não tenhas tido tempo (vontade?)de ir ver este jogo de domingo para, quem sabe, poderes "ajustar" a tua opinião em relação à nossa equipa

2) que, caso o tal "barreto" de que falas seja para mim, não tenhas aproveitado a breve troca de palavras que tivemos no fim do jogo para mo dizeres pessoalmente

Seja como for, fico muito satisfeito por teres voltado ao pavilhão para ver um jogo de voleibol, como muitos outros fizeram.

Espero que seja para continuar no futuro.

Um abraço

 
At 3:30 da manhã, Blogger Ricardo said...

Ao anónimo:

Excelente texto, parabéns!

Concordo por inteiro com tudo o que foi escrito.

Só faltou mesmo foi a coragem de assinar.

E é pena, porque, tal como nos jogos em Santa Maria, se passaram muitas coisas que, realmente, devem ser motivo de reflexão para todos nós.

 
At 9:30 da manhã, Blogger Milton Sousa said...

só vim dar um olá e dizer que acho piada a só terem feito comentários no post da vitória dos AAA...lol

 
At 10:20 da manhã, Blogger Hélio Correia said...

Este post bem como os comentários reflectem exactamente aquilo que não deve acontecer neste blog.

Começo seriamente a ficar irritado com esta treta toda.

Querem guerrinhas? Criem um blog para isso. A presunção é algo que não fica bem a muita gente.

Já pararam para pensar quantas pessoas visitam este blog sem terem nada haver com o Clube Ana ou com os AAA?

Tenham juizo, principalmente os que têm a responsabilidade como eu de pulicar noticias neste espaço.

 
At 3:10 da manhã, Anonymous Miguel Pacheco, jogador de voleibol.. said...

BEM HAJA AMIGOS DO VOLEIBOL... (isto inclui, acima de tudo, todos os elementos dos AAA, sem excepçao, como é óbvio ;p)

confesso-me deveras surpreendido, pela positiva, pela forma como o voleibol ainda é vivido por estas paragens!!
neste fds, em particular, tive a oportunidade de reviver todo o nervosismo, alegria, frustração, entre muitos outros sentimentos, que já nao experimentava há alguns anos!
BOM... quero aqui postar que partilho 100% da opinião do "ex praticante" no que diz respeito ao "terrorismo psicológico". Todas as condutas menos próprias de ambas as partes foram, a meu ver, pronta e correctamente assinaladas por parte da equipe de arbritagem, as restantes FAZEM PARTE do jogo, e como nesta modalidade não está previsto o contacto fisico sentimos a necessidade de, por vezes, recorer á agressão psicolócica.. ou nao é?!
Acho que em momento algum destes dois jogos alguém foi jamais ofendido!!No entanto, se alguém se enquadra no panorama de vítima de danos morais então da próxima vez, se calhar, cada um traz um dan-cake e uma laranjada e fazemos um bonito lanche em vez de um jogo próprio para Homenzinhos!! que tal..? digo isto a todos os atletas participantes nos jogos deste fds!!!
Os resultados foram fruto daquilo o que cada um FEZ e não daquilo que DISSE!!
Continuo a ter como garantida, espero eu, a amizade, criada ao longo destes anos, de todos os meus ex-colegas de equipe e nunca era capaz de trocar uma amizade por um joguinho de voleibol... espero que o sentimento mutuo!
aquele abraço...
Miguel Pacheco, jogador de voleibol

 
At 10:08 da manhã, Blogger SPN said...

Concordo com o Miguel, porque tivemos a mesma escola ou não tivessemos jogado juntos anos sem fim.
A mim causa-me estranheza que se ponham em causa amizades por causa disto, aliás só mostra que as pessoas não são homenzinhos para resolverem as coisas. Eu já assisti na minha família a pessoas brigadas anos a fio sem sequer saberem porquê.
Eu sou do tempo em que nos treinos quase que nos matávamos e aí de quem confessasse alguma coisa que dêsse ponto ao adversário. A equipa que perdia era "humilhada" tendo de dar a volta ao pavilhão com os outros às cavalitas e ainda tinha de pagar a cerveja. Mas quando chegávamos ao balneário tudo tinha ficado para trás.
Miguel, da minha parte a única coisa que me chateou foi ver-te do outro lado da rede, mas como viste não deixei sequer de falar contigo, porque a vida é curta demais e a nossa ilha pequena demais para nos chatearmos por causa de um jogo.
Comparti-lho contigo a parte do que tenho tido a oportunidade de reviver e confesso que tem-me dado muito gozo estar neste Zona Açores.

 
At 7:45 da tarde, Blogger Ricardo said...

Miguel,

nós todos já levamos demasiados anos disto para sequer colocarmos em causa as amizades que fomos fazendo ao longo dos anos por causa de um ou dois jogos.

Cada atleta em campo nos jogos deste fim de semana fez o que achou de que tinha de fazer para cumprir os objectivos da sua equipa.

Obviamente que houve excessos, de parte a parte.

Mas nunca me passou, nem me passa, pela cabeça, que amizades possam ser postas em causa por causa disso.

Os jogos deste fim de semana foram "quentinhos", como se esperava, o campeonato está a "escaldar", como se desejava.

Felizmente esta Série Açores tem proporcionado competitividade e emoção. O voleibol Açoriano é que fica a ganhar.

Um abraço

 

Enviar um comentário

<< Home