sábado, fevereiro 16, 2008

É BOM JOGAR VOLEIBOL EM EQUIPA

Uma curta de frente, uma curta de costas, um passe para a saída, um passe para a entrada e acabar o jogo com um sobe e desce com o meu atacante para 0 bloco adversário, foi um bom saldo. E se a isto se acrescentar que ocorreu depois de ter estado 2 sets e 2/3 do 3 no banco, pode-se dizer que foi um saldo muito bom.
Acima de tudo fica o exemplo de que temos que estar sempre prontos para ajudar a nossa equipa quando ela precisa e mesmo que só joguemos 1 ponto, temos de dar o nosso máximo no momento em que formos precisos.
É bom sentir que ainda conseguimos coisas giras, mas melhor do que isto é consegui-las mesmo!
Já agora o melhor ainda é ver os meus colegas de equipa aproveitarem para transformar em pontos, as ocasiões que lhes criei. Parabéns para eles.

6 Comments:

At 2:17 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Já agora o melhor ainda é ver os meus colegas de equipa aproveitarem para transformar em pontos, as ocasiões que lhes criei."

Com todo o respeito e sem ânimo de levantar qualquer celeuma, aqui fica o meu comentário a esta frase.

Ela (a frase e não quem a proferiu, até, porque nem o conheço), quanto a mim, é própria de alguém que tem o ego muito colado ao céu e a vista centrada no seu umbigo, porque nenhum atleta de uma modalidade colectiva pode proferir uma frase tão egoísta. Qualquer acção que decorra no âmbito de um jogo colectivo é sempre fruto do trabalho da equipa e nunca do empenho de um único indivíduo, independentemente de algum se destacar em relação aos demais. Até para que pudesse fazer um passe maravilhoso, para uma maravilhosa finalização, muito provavelmente, antes houve uma maravilhosa recepção por parte de algum dos seus colegas, não é verdade!?! Uma equipa é como um relógio...falha uma peça e o relógio não funciona como devia. Penso, humildemente, que se justifica alterar o conteúdo da frase por uma questão de respeito pelos seus colegas de equipa, até porque muito provavelmente com ela não pretendeu auto elogiar-se ou destacar a sua actuação sobre o conjunto da equipa. Espero não ter ofendido ou ter sido desagradável com esta simples apreciação. Bom fim-de-semana a todos

 
At 2:24 da tarde, Anonymous Anónimo said...

PS-Ou seja, quando existe equipa, necessariamente, o EU quase que deixa de existir, e subjuga-se ao NÓS, que deve corresponder a UNIÃO, a ESPÍRITO de GRUPO, a ENTRE-AJUDA.
Bom fim-de-semana a todos

 
At 3:22 da tarde, Blogger SPN said...

Aceito como sempre os reparos.
No entanto permita-me que discorde veementemente somente porque sendo distribuidor a minha função nunca é ser um finalizador, mas sempre um construtor de ocasiões. A minha única função num jogo é criar ocasiões para os outros brilharem e é isto que me move a jogar voleibol, aliás o que pode ser observado por nunca festejar sozinho a conquista de pontos, mas sempre com a equipa.
Como bem disse e nem era preciso porque depreende-se das suas palavras, não me conhece, porque se me conhecesse facilmente perceberia que nada do que utiliza para me caracterizar se encaixa na minha personalidade, felizmente acrescento eu, aliás até como acaba por referir.
A minha única alegria é aos 35 anos e depois de levar cerca de 3 a 4 anos sem praticar desporto, conseguir ser uma ajuda para a minha equipa e aí concordo contigo a equipa tem sempre que sobrepor-se ao eu, o que infelizmente falha em alguns jogadores e que felizmente não acontece comigo.

 
At 9:52 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Oh, anónimo!
Será que vou ter o prazer de te ver jogar voleibol aos 35 anos?
Achas que é fácil?
Deves ser muito novo. Se o homem fez esses passes é porque a recepção foi boa e o ataque também. E se o ataque fez ponto, é porque passe foi bom.
SPN, quem sabe nunca esquece.

 
At 9:56 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Por acaso não estou nos 35 mas já falta muito pouco para lá chegar...e ninguém me verá a jogar vólei que nem o João Rodrigues, ou mesmo o spn (que só pode ser um belíssimo jogador pelo que tenho lido por estes lados) porque a minha modalidade de eleição é outra e ainda sou praticante também. Logo para mim não é novidade jogar a um nível bastante elevado apesar do BI (agora CU-cartão de utente! Heheheheh)começar a recomendar repouso!!!

Mas....existe sempre uma massss!!!

Porque não o conheço, spn, como referi no meu 1º comentário, de forma alguma podia referir-me a sua pessoa...aliás, nem o fiz, limitei-me a comentar uma frase e sem querer entrar em grandes considerações mantenho o que referi...e reforço com a nota de que: no desporto de equipa, por mais individual que uma acção possa ser, ela é sempre fruto da interacção dos seus diferentes elementos, isto é, fruto da força colectiva.

De resto compreendo o que quis transmitir, mas simplesmente julgo que, TALVEZ, não foram escolhidas as melhores palavras para tal. Mas desde já o felicito pela lisura e por ser um bom exemplo para os nossos jovens...Aliás, aproveito e felicito a toda a geração de 70 que ainda se mantém activa sobretudo desportivamente...porque desporto é cultura, é exemplo, é valores, é qualidade de vida, é amor a vida.......

 
At 3:15 da tarde, Blogger SPN said...

Eu só quero dizer que concordo com o que diz em respeito ao desporto colectivo, mas sinceramente não vejo onde é que o que digo choca com esta ideia.
Talvez seja por eu cada vez me rever menos neste país e se calhar já não saber português - LOL.
Já agora apareça no dia 1 e 2 de Março nas Laranjeiras às 19 e 10 horas e pode ser que me veja em acção - Abraço.

 

Enviar um comentário

<< Home