sábado, setembro 29, 2007

ACABEM COM O FUTEBOL, SE FAZ FAVOR

A única coisa que sei dos jogos deste fim de semana foram os resultados e que as arbitragens estão pelas ruas da amargura.
Estou a ouvir o Rui Santos na SIC Notícias e acho que ele hoje ajudou a incendiar ainda mais o mundo do futebol quando faz uma interpretação errada do momento em que Pedro Henriques interrompe o jogo para saber o que o seu assistente estava a assinalar. Na sua leitura se o árbitro não tinha dúvidas não devia ter interrompido o jogo para ir falar com o assistente. E neste caso se não acatou a sua indicação foi porque não quis marcar o pênalti a favor do Sporting.
O que eu acho é que ele interrompeu o jogo para saber o que o assistente estava a marcar e como não concordou mandou seguir o jogo.
A dúvida não estava em se era pênalti ou não, a dúvida estava no que o assistente estava a marcar e aí acho que ele esteve bem. Agora se era pênalti ou não isto eu não discuto, porque acho que duas equipas como o Sporting e o Benfica têm obrigação de fazer muito mais para ganhar os jogos do que estar dependentes dos árbitros não fazerem bons juízos dos lances.
Este é que tem de ser o caminho e não outro, mas é mais fácil exigir que os outros sejam bons em vez de exigir que os nossos façam a sua obrigação.

3 Comments:

At 2:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Plenamente de acordo.

 
At 2:37 da tarde, Blogger RCBC said...

Agora os problemas dos árbitros vão-se acabar de uma vez por todas...
Sabes como? Com um simples pedido de desculpas...claro que essas mesmas desculpas só são aplicáveis nalguns casos...noutros, os árbitros não têm direito ao erro!
Caro SPN, em Portugal são utilizados dois argumentos extraordinários: 1º - Errar é humano; 2º - Os jogadores erram, logo os árbitros também podem errar...só que há uma 3ª alínea muito importante, isto é, nuns jogos os árbitros são humanos, noutros são aldrabões...

 
At 3:55 da tarde, Blogger SPN said...

Rui Santos também disse uma coisa muito importante (que eu sei que não se aplica a ti RCBC):
Em Portugal quando é contra o meu clube foi roubado, quando é a favor do meu clube tá tudo OK e serve para compensar o que outros roubaram num outro jogo qualquer.
Sinceramente eu calava estes dirigentes todos fazendo uma troca com outras ligas, os nossos árbitros iam lá arbitrar durante uns fins de semana e os deles vinham cá.
Aí eu ia gostar de ver as desculpas...
O que tem de acontecer é os adeptos serem mais exigentes, como o foram os do FC Porto no jogo do Boavista quando mesmo com o seu clube a ganhar por 1 a 0 começaram a assobiar a sua exibição.
Se eu pago o bilhete para ver um jogo é para ver 90 minutos de entrega, atitude e espectáculo.
Não quero ver jogadores a pouparem-se para um outro jogo qualquer, porque para fazer gestão do plantel está lá o treinador.
A vida está cara demais para pagarmos um bilhete e não ver espectáculo.

 

Enviar um comentário

<< Home