terça-feira, janeiro 15, 2008

Federações - Futebol - caso Meiyong

O que acontece nas competições europeias quando um jogador é utilizado por uma equipa, e depois é transferido para outra.... fica impossibilitado de jogar ou não é, de quem é a responsabilidade de garantir esta situação, do clube ou da UEFA?
Não vejo porque não se responsabilizar o Belenenses, pela utilização indevida do jogador.

5 Comments:

At 10:10 da manhã, Blogger SPN said...

A pergunta é:
- se o Belenenses tentasse inscrever este jogador nas competições europeias a UEFA teria aceite a inscrição dizendop que o jogador está apto a jogar?
Acho que não.
Esta é que foi a diferença.

 
At 11:37 da manhã, Blogger MM said...

O estar inscrito, não quer dizer que seja utilizado...

 
At 1:55 da tarde, Blogger RCBC said...

Legalmente,estar inscrito não significa que esteja autorizado a jogar.A decisão de um jogador ser utilizado é da responsabilidade do clube.Isto é, a Federação acaba por estar protegida pela lei, que diz que um jogador pode ser inscrito por três clubes e jogar apenas por dois.
No caso do Meyong,se o jogador não tivesse jogado os 11 minutos pelo Levante,teria sido inscrito por 3(Belenenses,Levante e Albacete) clubes e jogado apenas por 2(Belenenses e Albacete),o que era uma situação perfeitamente legal e possível.Na realidade não foi isso que aconteceu porque o jogador foi inscrito por 3 clubes e jogou por estes mesmos 3 clubes...
Além disso, o Belenenses ao despedir o seu director envolvido nesta transferência assume a culpa em todo o processo...
Agora há uma coisa em que o SPN tem toda a razão:CABE NA CABEÇA DE ALGUEM,QUE UM CLUBE CONTRATE E INSCREVA UM JOGADOR QUE NÃO PODE SER UTILIZADO?Ou seja, a lei está mal feita...mas tem de ser cumprida mesmo estando mal feita...

PS:Outra coisa que não percebo:porque é que a má inscrição de um jogador nuns casos dá descida directa(Gil Vicente) e noutros apenas a perca de 6 pontos numa época?

PS2:Pelos vistos, os dirigentes da Federação devem andar a dormir para não terem tido conhecimento desta situação e avisado atempadamente o clube envolvido...Só não devem estar a dormir quando é para tirar um extracto da sua conta bancária para ver se lá tem o ordenado...pois, trabalhar custa,não é?!?!?!?!?!?

 
At 1:57 da tarde, Blogger RCBC said...

Aliás,o título do post anterior diz tudo:"FEDERAÇÕES, PARA QUE SERVEM?"

 
At 2:32 da tarde, Blogger SPN said...

O RCBC disse tudo, a lei está mal feita, aliás como muitas em Portugal.
Para o comum cidadão inscrição é inscrição. Estamos a falar de uma coisa como contratar um empregado para ele não trabalhar.
Agora indiscutivelmente que o Belenenses tendo uma estrutura profissional não pode cometer este tipo de erros.
O que a mim causa enorme desconforto é qual é o papel de uma Federação:
Se é fiscalizar, devia dizer que o jogador não está apto a jogar.
Se é servir os clubes, devia alertar o clube para este facto.
O que acontece em Portugal é que houve uma subversão completa do sentido das coisas.
As Federações e Associações só existem, porque existem clubes.
O desporto só existe se existirem clubes.
O contrário não é verdade.
Sem Federações e Associações consegue-se fazer fazer desporto.
E está completamente subvertido.
Para mim este caso é demonstrativo de que as Federações funcionam mal, são prepotentes e quando erram limitam-se a atirar a culpa para cima de outrém, nunca assumindo responsabilidades.

 

Enviar um comentário

<< Home