sábado, abril 30, 2005

CHELSEA CAMPEÃO

8 TÍTULO EM APENAS 5 ANOS COMO TREINADOR...
É obra.
Goste-se ou não do seu estilo, o seu trabalho é um hino ao profissionalismo.
Depois de muitos ciúmes, até Wenger se rendeu a Mourinho, elogiando-o.
É obra, o trabalho apresentado em tão pouco tempo.
Sorte???
Sinceramente acho que não.
Se calhar não é ele que é tão bom assim, são os outros que são muito maus?
Não, acho que ele é um grande gestor de homens.
Ele consegue por uma equipa de adjuntos e colaboradores a trabalhar com eficácia e em sintonia, o que é raro.
Não é só dele o mérito dos títulos, mas é só dele o mérito da forma como as suas equipas técnicas funcionam.
QUE GRANDE EXEMPLO...
Fossem assim muitos pseudo gestores portugueses e as nossas empresas seriam bem diferentes.

CAMAROTE DE RÉUS

Hoje o camarote presidencial do Dragão parecia um banco dos réus.
É inacreditável como perante situações semelhantes as pessoas tenham posturas tão diferentes.
Estou a falar de Mariano Barreto e Valentim Loureiro.
O 1º quando confrontado com as acusações de estar envolvido no escândalo da Casa Pia, que nada tem a ver com futebol, apresentou imediatamente a sua demisão de treinador do marítimo, não só para poder provar a sua inocência, mas também para não prejudicar o seu clube.
O 2º acusado de tudo e mais alguma coisa, dentro do próprio futebol, não só continua agarrado aos seus cargos, como ainda se pavoneia em sessões públicas.
Mais uma vez que péssimo serviço ao futebol!!!

sexta-feira, abril 29, 2005

FESTEJAR A SUBIDA NA CASA DE ONDE SE FOI DESPEDIDO

O que acham que deve fazer uma Direcção (Varzim) que no início da época despediu um treinador (Rogério Gonçalves) sem grandes justificações e este fim de semana, no seu próprio estádio, vai ver este treinador noutra equipa (Naval) fazer a festa da subida à 1ª Liga, ao contrário da sua?
Querem uma opinião...

PROPOSTA INDECENTE

Instado a comentar as afirmações de Couceiro sobre os árbitros, Trapalhoni propôs:
NO FIM DA ÉPOCA VAMOS FAZER UMA CONFERÊNCIA CONJUNTA COM TODOS PARA FAZERMOS AS CONTAS DOS PONTOS GANHOS E PERDIDOS POR CULPA DOS ÁRBITROS.
Ora aqui está uma proposta benéfica para o futebol português.
Haja coragem de quem tanto apregoa ser alvo de injustiças para estar presente neste evento.
Querem apostar...

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

Trapalhoni disse:
-"Nesta fase já não há muito a dizer."
Se é assim, então...
...POR FAVOR CALEM-SE!!!!

SPORTING EM ALVALADE?

A presença na final da taça UEFA até ontem assegurada por muitos, neste momento está em causa.
Em primeiro lugar, apoio o Sporting nas competições europeias, no entanto ao ouvir os comentadores da rádio e televisão, sempre que uma equipa portuguesa defronta uma estrangeira quase que dá vontade de apoiar os estrangeiros.
A estes comentadores é preciso dizer que as outras equipas se chegaram a onde estão foi com mérito e porque têm valor para tal, antes do jogo nada está garantido.
Ontem ouvi o relato do jogo numa rádio, onde os comentadores ponham o AZ Alkmaar a um nível muito inferior ao do Sporting, o resultado provou que as duas equipas não têm niveis assim tão diferentes, estes disseram "como é possível uma equipa de método defensivo, chegar a uma meia final europeia?", poucos minutos depois a resposta do AZ, fizeram golo.

Senhores comentadores, um jogo de futebol é ganho pela equipa que marca mais golos e sofre menos, analisando a equipa do AZ é claro que esta está organizada para não sofrer golos e para marcar quando tem oportunidade para tal, um remate um golo. Os meus parabéns ao treinador e á equipa do AZ Alkmaar.

Quanto ao Peseiro, poupar jogadores numa meia final europeia?

O José Peseiro é profissional e sabe o que faz, mas poupar jogadores para quê? Para o campeonato? E se são eliminados da UEFA? Ganham o campeonato? E se não?

Para quem não conhece o nosso futebol, deve achar o nosso campeonato super bom e importante, porque viu um treinador duma equipa portuguesa a poupar jogadores numa competição europeia em deterimento dum campeonato nacional.

"É preferível ser o melhor nacional do que um dos melhores europeus..."

Há que começar devagarinho...

SURPRESA, MEDO E ESTUPIDEZ

Escolhi estas 3 palavras para descrever o jogo do Sporting para a Taça UEFA.
SUPRESA de todos nós e do futuro técnico do Porto, porque MOUTINHO não jogou de início.
O Peseiro diz que foi por opção técnica e gestão do plantel.
Tudo bem, mas gerir o plantel, ainda por cima fazendo descançar o seu melhor e mais criativo jogador, num jogo que tem de ganhar para ir descançado à Holanda, contra uma equipa que já se sabia vinha jogar à defesa, só pode dar vantagem e alívio ao adversário.
E deu...
Não devia ter sido ao contrário? Primeiro resolver e depois descançar? Mas Peseiro é do mesmo curso de Mourinho, por isto sabe mais do que eu...
MEDO de Peseiro demonstrado pelo nervosismo com que estava no banco e por ter colocado um meio campo lento e defensivo baseado em Custódio, Rocha e Pedro Barbosa.
ESTUPIDEZ de Peseiro nos seus excessos fora da área técnica que lhe podiam valer uma expulsão com consequências imprevisíveis para o futuro do seu clube na competição.

MEDO, porque aquela equipa defensiva chegou e marcou um golo, que pode complicar tudo.
SURPRESA, afinal Pinilla é bom, depois de marcar o golo...
MEDO, afinal Pinilla continua igual, depois de falhar o 3-1!
ESTUPIDEZ do adepto que invade o campo num jogo das meias-finais da Taça Uefa e que só não vai dar maior problema, porque a próxima eliminatória é a final e vai realizar-se num campo neutro às duas equipas, ou seja, no ALVALADE XXI...

quinta-feira, abril 28, 2005

JOSÉ JARDIM = JOSÉ MOURINHO ?

Ontem li a maior asneira de todos os tempos:
JOSÉ JARDIM (treinador de volei do benfica) é o MOURINHO do voleibol!!!!!
Pelo amor de Deus.
O que é mais triste é ele não dizer que isto é uma asneira de todos os tamanhos.
A única semelhança é o JOSÉ...
Querem saber as diferenças:
- qual foi o lugar do Benfica nas épocas 2002/2003 e 2003/2004?
- Jardim, não é profissional, pois dá aulas;
- Jardim não criou jogadores, comprou-os já feitos;
- Jardim, nunca na vida seria contratado para uma das grandes equipas de voleibol europeu;
- analisem a época do Benfica e vejam os erros cometidos, que estiveram quase a custar-lhes o título nacional e vejam se o Mourinho os cometia;
Enfim, nunca mais acabava.
Não estou dizendo que o homem é mau treinador, mas não vamos para exageros...
Porque se Jardim é o Mourinho, Magalhães e Brilhante quem serão!!!

ARBITRAGEM CONDICIONADA POR APITO DOURADO

Ó Couceiro, então não era este o objectivo?
O futebol português dá vontade de rir, porque:
- quando uma equipa ganha, o mérito é dela;
- quando as outras equipas ganham, foram ajudadas pelos árbitros;
- quando uma equipa perde, a culpa foi de todos menos deles.
Dr. Couceiro, não sabias que quando um Mafioso oferece uma gravata a alguém não é nada bom sinal!!!

quarta-feira, abril 27, 2005

A selecção “de todos nós”

Assumo de forma clara e descomprometida que não sou adepto da selecção nacional de futebol, a tal “selecção de todos nós” como orgulhosamente todos a chamam.
Sinceramente, não me revejo num grupinho de jovens (e outros não tão jovens) ricos, mimados, com brincos e cabelos sebentos de gel, que de forma hipócrita afirmam que têm orgulho em servir o país e depois quando chegam as competições, Europeu ou Mundial, as suas únicas preocupações são os prémios de jogo e não a preparação física e mental para enfrentar tais campeonatos. Se são tão patrióticos, provem isso mesmo e façam como muitas selecções fizeram aquando do Euro 2004, abdiquem dos prémios em benefício de instituições de caridade ou do género, mostrem que servem o país de forma desinteressada mas com profissionalismo e dedicação.
Isto é tão verdade que ainda recentemente um jogador da selecção veio tornar público aquilo que muitos de nós já há muito tínhamos visto, os jogadores vão para a selecção descansar.
A excepção é clara, Pauleta, um dos poucos jogadores que luta sempre com bravura e sempre com o pensamento na vitória, o reconhecimento disso mesmo é a entrega da braçadeira de capitão de equipa.
O último jogo que vi da selecção foi contra a Grécia na final, até admito alguma qualidade na equipa, mas nada que me mobilize.
Desejo a maior sorte à selecção portuguesa, nomeadamente ao Pauleta que desejo seja o melhor marcador de sempre da selecção, mas continuo a preferir apoiar as selecções (jovens) dos Açores e quanto a cachecóis, o meu pescoço prefere mesmo o cachecol do Santa Clara...

Parabéns CAMPEÃO!

Hoje, dia 28 de Abril, aquele que é o melhor jogador de sempre do futebol açoriano, celebra o seu aniversário.
Pedro Resendes, mais conhecido por Pauleta (e não Pedro Pauleta, como de forma ignorante é tratado pela imprensa continental) é um exemplo para todos os desportistas, humildade e profissionalismo sempre marcaram e marcam a sua carreira.
Saber que este grande goleador deixou o Santa Clara porque na renovação do contrato que findava, apenas foi proposto, pelo clube, um aumento de 5% aos 50 contos que na altura ganhava (o que logo foi rejeitado pelo jogador) é frustrante e sinónimo de pouca visão de futuro de quem tomou tal decisão.
Continuo a alimentar o sonho de ver o nosso Pauleta a estrear-se na Superliga com a camisola de um clube pelo qual passou na sua formação, o Clube Desportivo Santa Clara!
Parabéns CAMPEÃO!!

terça-feira, abril 26, 2005

RW: BENFICA CAMPEÃO

HSC,
Concordo plenamente com quase tudo do que dizes neste post.
Digo quase, porque em vez de "melhor equipa" coloco "equipa mais forte".
O voleibol é, para mim, uma das modalidades mais injustas que possam existir.
Digo isto, porque 90% do jogo é ganho pelas características físicas da equipa.
Podemos ter os jogadores mais tecnicistas do mundo, se a outra equipa tiver mais força e for mais alta, as probabilidades de perdermos são muitíssimo elevadas.
A força do Benfica este ano, para além da carga psicológica que conseguiu indirectamente impor às outras equipas, foi o serviço.
O serviço agressivo (força) colocava imensas dificuldades à equipa adversária que depois não conseguia preparar o seu ataque de forma variada.
Ao tornar o seu jogo aberto e previsível a equipa adversária caiu na armadilha do bloco (altura).
Para além de tudo isto, claramente as outras equipas perderam os jogos no aspecto psicológico, pois entravam em campo derrotados e quando percebiam que podiam lá chegar já era tarde.
A conclusão é que o mérito do Benfica foi aproveitar o que os outros não quiseram ganhar...

NEM QUANDO FORMOS CAMPEÕES

O Sport Lagoa e Benfica, é a melhor equipa de futsal actualmente de S. Miguel, estão a um ponto de se sagrarem campeões de ilha.

Esta equipa no entanto tem um grave problema, não há jogo nenhum em que não haja cenas de violência, isto repetiu-se mais uma vez este fim de semana, são jogadores, são dirigentes, treinadores e público, todos agridem e são agredidos, rapidamente esquece-se qual o objectivo de ali estar.

Estas cenas são lamentáveis e repetem-se todas as semanas, a Associação de Futebol de Ponta Delgada critica muito a Inatel que é outra instituição que organiza provas de futsal, esta organiza os níveis mais baixos da modalidade e têm muito menos condições do que a associação de futebol, no entanto é importante observar que nestes jogos não se vê tanta violência como nos da associação. Inclusivamente já vi muitos jogos de futsal organizados pelo Inatel esta época e nunca vi cenas de violência, estas existem infelizmente mas uma equipa que é campeã tem mais responsabilidades, os nacionais estão a um passo, não nos podemos esquecer que o Sport Lagoa e Benfica poderá a vir representar uma região.

Parabéns ao Sport Lagoa e Benfica pelo sucesso desportivo.

ARRUACEIROS

- Estoril na luta pelo campeonato da permanência com 50 adeptos a apoiar.
- Benfica na luta pelo título de campeão nacional com 29950 adeptos a apoiar.
- Belissimo estádio.
- Árbitro frio, calmo e sereno o senhor Hélio Santos.
- Mau jogo de futebol, salvo apenas por um ou outro lance bonito e pelos golos que convinhamos qualquer um deles muito bem executado.
- Resultado final 1-2, vence o Benfica.

Fim do jogo:

Litos (treinador do Estoril) "não somos arruaceiros";
"já na primeira volta o nosso jogo frente ao Benfica, foi assim uma coisa muito esquisita";
"sabe-se que temos um plantel pequeno e com esses vermelhos todos ficamos muito limitados";
"ando a alertar as pessoas á várias semanas para o facto de estarmos a ser empurrados para trás";

Senhor Litos, campo de futebol não é campo de batalha, a postura do Estoril em campo é anti desportiva, esta é a equipa mais indisciplinada da Super Liga, quais as dúvidas nas expulsões? Se calhar o árbitro até foi amigo, não esquecer que o Mantorras foi agredido, o paramédico (que por acaso era uma senhora) sofreu uma bolada na cara, após o árbitro ter interrompido o jogo o jogador como não concordou rematou a bola que por acaso foi bater nos paramédicos que estavam mesmo á frente deste, quantas coteveladas e agarrões sofreu o Nuno Gomes?

Senhor Litos, os seus jogadores não são arruaceiros, são um grupo de homens que deveriam ter a responsabilidade de mostrar o quão bonito é o desporto e em vez disso usa como principal arma a falta sobre o adversário, tenha vergonha e se não acha nada demais é porque ainda não está como pretende, não nos podemos esquecer que estes são comandados por si.

Já pensou nos campeonatos organizados pela Inatel? É que nestes é que é frequente jogar pouco futebol e muita pancada, com o conveniente que pouca gente vê logo não há o perigo de incentivar muita gente a esse estilo de jogo.

Boa sorte para a Liga de Honra, é já para a próxima época.

BENFICA CAMPEÃO

Para já apenas no voleibol...
No passado Sábado, o Benfica sagrou-se campeão nacional de voleibol vencendo o Espinho por 3-1, este era o resultado mais esperado e a meu ver justo, na fase regular o Benfica foi superior ou todas as outras equipas assim o quiseram.
Para além de tudo o que dizem e o que rodeia a equipa de voleibol do Benfica, a verdade é que estes foram sublimes e assim sagraram-se campeões nacionais, existiram muitas outras equipas com qualidade para fazerem frente ao Benfica esta época, a verdade é que nenhuma o quiz fazer e ninguém acreditou que era possível vencê-los á excepção do Espinho que acreditou e venceu dois dos jogos da final, no entanto neste último jogo de Sábado pareceu-me que o Espinho estava satisfeito por ter chegado até ali e que o resto já não era para eles, resultado Benfica CAMPEÃO NACIONAL.
Indiscutivelmente, eles foram a melhor equipa mas verdade seja dita foram mais os jogos perdidos pelas outras equipas do que os ganhos pelo Benfica, esta época serve para provar a dirigentes e jogadores que cada jogo tem o resultado em discussão e não existem equipas invenciveis, deixem de entrar em campo com derrotas assumidas, porque depois fica a sensação que era possível mais e melhor, mas se calhar já é tarde.

A OBRA DRAMÁTICA DE GIL VICENTE

Resposta de um aluno de liceu a uma pergunta sobre a obra dramática de Gil
Vicente, transcrita no Público de 11.8.2004:

"Eu não tenho dúvidas que o Gil Vicente é muito importante, a pesar de nunca
ter ganhado o campionato de futebol. É importante porque ás vezes ganha ao
Benfica, otras ao Sporting e otras ao Porto, tirando a eles o primeiro
logar.
E também por isto é que a sua obra é dramática porque é um drama para os
benfiquistas, os sportinguistas e os portistas quando ganha."

sábado, abril 23, 2005

REFORMA PARA OS HISTÓRICOS

Hoje assistiu-se a um sinal de alerta por parte do treinador de voleibol do SC Espinho, Prof. Rui Pedro, à Direcção do seu clube.
SE QUEREM VOLTAR A SER CAMPEÕES O SANDRO CORREIA TEM DE DEIXAR DE JOGAR.
Só este alerta pode justificar a opção de deixar aquele que já foi um enorme jogador arrastar-se durante o 5º jogo da final, sem trazer nada de novo ou bom à sua equipa.
Investimento e sangue novo, por favor...

DINHEIRO vs EXPERIÊNCIA

Feliz ou infelizmente venceu o dinheiro na presente edição do Campeonato Nacional Carglass - Divisão A1 de voleibol masculino.
O Benfica acabou por confirmar ser a equipa mais forte depois de ter sido a vencedora indiscutível da 1ª fase e de ter feito uma péssima fase final.
Deste campeonato deve salientar-se:
- A pouca utilização de jogadores portugueses da Selecção na final (excepção ao Teixeira e ao Miguel Costa);
- Fraca qualidade técnica dos jogos, embora enorme emoção (palavras do Ex-Seleccionador Nacional Prof. Rodrigues);
- O imenso fair-play demonstrado por todos os intervenientes nos jogos do playoff final;
- A excelente arbitragem da final, que não deu razão a que subsistissem dúvidas.
Parabéns aos vencedores.
Esperemos agora todos pelas consequências desta vitória do DINHEIRO sobre o EXPERIÊNCIA...

JUDO DE PARABÉNS

Li esta semana que o judo açoriano está de parabéns por ter mais um Campeão Nacional.
Acho que é um feito assinalável e ao qual deveria ser dado maior destaque.
Considero que temos, de uma vez por todas, que dar mais prime time ao que de bom é feito nos Açores e não às desgraças.
Contudo, sinto que o Judo está a passar ao lado do que poderia ser uma actividade com mais projecção.
Esta modalidade tem condições ímpares para ser a principal modalidade da Região, pois os resultados têm aparecido e não sofre das dificuldades dos desportos colectivos (falta de espaços e de praticantes).
Mas não está a aproveitar bem este potencial.
Acho que é necessária uma renovação nos quadros dirigentes da modalidade e a entrada de sangue novo com novas ideias e vontade de concretizar novos projectos.
Sou contra as pessoas eternamente nos mesmos cargos...

O sr. Bartolomeu

No final do passado Benfica - U. Leiria , o senhor João Bartolomeu insurgiu-se, na conferência de imprensa, contra a arbitragem e o famigerado sistema vigente, alegando que o futebol precisa de uma volta de 180 graus.
Tem toda a razão o sr. Bartolomeu, e ele devia ser o primeiro a sair porque só apodrece o futebol com a sua postura. Ninguém se esquece da expulsão inventada aos 30 minutos de jogo do guarda redes Adir (Santa Clara) num jogo decisivo, em Leiria, que ditou a primeira descida do Santa Clara na Superliga, ninguém se esquece que este senhor já teve na noite anterior a um jogo, a “conversar” num hotel com jogadores adversários, ninguém se esquece do processo que corre na justiça sobre a alegada “oferta” ilegal de terrenos à União Desportiva de Leiria.
Tenha vergonha sr. Bartolomeu...

Opiniões

Caros colegas de blog o respeito existe e a diversidade de opiniões é e será sempre bem vinda a esta bancada.
Ainda faltam algumas jornadas para o fim e muito sofrimento irá vir, portanto poupem as forças...

O LUGAR DO FIGO NA SELECÇÃO É NA FIGUEIRA!!!

sexta-feira, abril 22, 2005

JOGO NO ESTÁDIO DO ALGARVE

À anos (não mais de 3 ou 4) houve em Portugal um projecto no Basquetebol que foi bi-campeão nacional, a PORTUGAL TELECOM.
Sabiam que no projecto que foi apresentado ao patrocinador, um dos pontos mais importantes era que os jogos em que a equipa recebia o adversário fossem realizados pelo país fora, não só para promover a empresa, mas também a modalidade?
E cada jogo era transformado num fim de semana inesquecível de contacto entre jogadores profissionais e miúdos de freguesias, concelhos e cidades do chamado país profundo?
Querem a minha opinião acerca do jogo Estoril x Benfica ser no Algarve?
Acho muito bem, pois:
- o Estádio do Estoril ía estar cheio de Benfiquistas à mesma, sendo a receita menor;
- vamos dar utilidade a um estádio que não é utilizado;
- vamos levar (supostamente) futebol de alto nível a uma zona do país que não o tem;
- estamos a proporcionar uma receita extraordinária para um clube pequeno (a lotação está esgotada);
- dizer que o Benfica fica beneficiado por ter muitos adeptos a puxar por ele, não se tem visto isto nos últimos jogos;
- em futebol de alto nível, as equipas têm que saber jogar em qualquer campo.
Ao contrário do que se diz, acho que este tipo de acções são benéficas para o desenvolvimento do chamado desporto-rei.
Pelo menos são acções que fazem mais do que as polémicas dos árbitros ou dos túneis...

quinta-feira, abril 21, 2005

DOENTE, DOENTE, QUEM ESTÁ DOENTE?

Eu não sou doente. Eu não sou doente. Eu não sou doente.
Quem é que é doente? Eu não sou doente. Quem é que é doente?
Eu não sou doente. Quem é que é doente? Eu não sou doente.
Não desliguem a televisão, quero ver o jogo.
Deixem o rádio ligado, eles vão falar do jogo.
Comprem-me os 3 jornais desportivos, o Benfica ganhou.
Só quando o Benfica ganha é que eu me sinto bem.
Ops!
Assim estou lixado.
Se for ficar à espera do Benfica para me curar, nem no dia de São Nunca à Tarde...

Futebol = Doença (para alguns)

Colegas de bancada, tenham calma.
Quanto a este Benfica, é muito chato para um adepto comprar um bilhete para ver um bom jogo de futebol, e acabar por ver uma equipa de divisão superior a arrastar-se pelo campo, sem convencer ninguém, e no final ter ganho o jogo sem ter demonstrado futebol para isso.
Doentes do Benfica tenham calma, ainda faltam 5 jogos.

A CORISCA BANCADA

Este blog foi criado com o objectivo de se dizer o que se pensa e de mandar algumas "cacetadas" quando assim o entendermos.

Dentro destes parâmetros eu escrevo "Benfica Convence..." com a mesma legitimidade que o SPN escreve "Amanhã será o principio do fim?".

Relativamente ao Benfica ser melhor ou pior, neste momento é o que tem mais hipóteses o que indirectamente leva a que seja o melhor, naquilo que quiserem seja a jogar futebol, seja a defender, atacar ou até mesmo a ser beneficiado pelos árbitros. No jogo com o Estrela da Amadora estes podiam perfeitamente ganhar o jogo as possibilidades eram as mesmas mas o Benfica claramente tinha mais argumentos, quanto ao primeiro golo ser o mais importante é indiscutível mas o que interessa é que houveram mais dois o que não deixa que a responsabilidade seja apenas do fiscal de linha, é preciso também lembrar que esta época já vimos o Benfica a ganhar por 3-0 e o jogo terminar 3-3 qual o golo mais importante? O primeiro golo do Benfica ou o primeiro golo do adversário?

Para mim o mais importante neste momento é manter o conceito da CORISCA BANCADA, senão nada disto faz sentido porque não estamos a escrever nada que já não se saiba.

Há que respeitar para ser respeitado.

DISTRIBUIÇÃO DE BILHETES

Como todos sabem o factor psicológico é fundamental no desporto e uma das funções dos dirigentes é modelar o psicológico e o ambiente de todos os que rodeiam as equipas, mas não são parte integrante destas.

A questão dos bilhetes é muito injusta mas compreensível e não tem haver com medo, mas com psicológico e acolhimento, primeiro acolher os nossos e depois estes colocarão pressão psicológica nos adversários.

300 em 2000 é um espectáculo!

No futebol vê-se 1000 em 45000...

Parabéns ao voleibol, parece que neste aspecto estão alguns passos á frente.

REALISTAS OU IRRE...

De um modo geral, concordo com o que este grande HSC disse.
Gostaría no entanto de efectuar algumas observações.
O factor psicológico é fundamental no desporto.
Se entramos em competição com a ideia que não podemos ganhar, mais vale não entrar.
Este é o primeiro, factor.
Mesmo que as bancadas não acreditem, os jogadores e equipa técnica nunca podem deixar de acreditar.
Dar como desculpa os árbitros, também não é a solução, basta ver o meu comentário CULTURA DO NÃO JOGO.
Quanto ao voleibol, não vale a pena entrar por aí.
Quando esta informação vem de dentro da própria federação...
Agora, as minhas dúvidas vêm da observação das características do plantel e do percurso que vieram a fazer no campeonato.
Para além disto, a imagem que têm demonstrado neste playoff tem sido paupérrima, desorganizada, triste.
Mas como o HSC diz, eles são os melhores porque estão em melhor posição para vencerem o campeonato.
Só tenho dúvida acerca do factor casa, pois pode ser uma faca de dois gumes...
Já agora, para quem quer ser grande, acaba por ser um pouco baixo impedir que adeptos do SC Espinho assistam ao jogo, só disponibilizando cerca de 300 bilhetes para um pavilhão de 2.000.
Para uma equipa supostamente tão superior em casa, porque é o medo...

BENFICA CONVENCE...

...QUEM A TODO O CUSTO PRECISA DE SER CONVENCIDO.
Meu amigo HSC, se estás tão convicto disto que dizes, porque tens necessidade de vir à bancada explicar que o Benfica convence.
Achas difícil o Amadora ganhar ao Benfica? Porquê? À 2 anos não foi com uma equipa das divisões supostamente amadoras?
Por outro lado, dizer que o Benfica convenceu ao ganhar por 3 a 0 e que o 1º golo não tem importância ser precedido por fora-de-jogo, só pode ser brincadeira.
Tu melhor do que eu, porque és deste desporto, sabes que nestes jogos entre pequenos e menos pequenos (hoje em dia considerar o Benfica grande é como ter miragens no deserto) o que custa é marcar o 1º.
Ainda por cima, quando o teu Benfica só não joga como os pequenos, porque nunca está a ganhar primeiro.
Se assim fôsse, a primeira coisa que o Trapalhoni fazia era mandar tudo para a defesa e passar a jogar ao contra-ataque, tal como um grande campeão.
Se a nossa equipa fôsse mesmo boa, tinha feito um bom percurso na Europa e não o fez.
Temos que cair na realidade.
O Benfica está em melhor posição para ganhar o campeonato e está na final da Taça, mas isto não o faz uma equipa boa.
Isto só mostra o nível do nosso campeonato este ano.
Basta ver os jogos...

REALISTAS OU IRRE...

O nosso desporto é irrealista, porque a maioria das equipas em vários desportos entram em campo já com a derrota assumida ou atribuida pelas bancadas. Isto acontece várias vezes aos olhos de todos e depois a culpa é sempre de quem ganha.

O Benfica neste momento vai á frente do campeonato, não é o que tem mais hipóteses de o vencer?

Acreditavam mesmo que o Benfica perderia frente ao Estrela de Amadora?

No voleibol alguma das outras equipas tentou ou acreditou que era possível ganhar o Benfica?

Pois é, preferimos ser irrealistas mas estes são factos e não vale a pena dizer que o fiscal de linha não marca os foras de jogo ao Benfica (a lei diz: "em caso de dúvida beneficia-se o ataque") e que o Benfica tem que ser campeão nacional de voleibol porque são os protegidos da Federação Portuguesa de Voleibol, desde já digo que provávelmente o Benfica será campeão nacional em voleibol, apenas porque o jogo do título é em casa.

Num jogo entre a equipa A e a B, ambas têm a possibilidade de ganhar, empatar ou vencer (isto em modalidades em que existe possibilidade de empate) embora uma possa ter mais argumentos que a outra, mas existe sempre as três possibilidades, por isso deixem os árbitros e as desculpas, ataquem os jogadores e os que têm responsabilidades directas para com estes, a culpa em 99,9% é destes porque entraram sem convicção, sem vontade, sem garra, sem ambição, sem concentração e pior que tudo com derrota assumida.

Os meus parabéns a todos os pequeninos que ganham os grandes.

"O grande mérito é vários pequeninos comerem um grande e não um grande comer vários pequeninos". Ouvi isto em qualquer lado...

BENFICA CONVENCE

O Benfica ontem qualificou-se para a final da Taça de Portugal, contra muitos desejos e várias certezas, o Benfica entrou em campo para ganhar e conseguiu por 0-3.

Todos comentam e criticam o futebol do Benfica, mas para mim continua a provar ser a melhor ou a 2ª melhor equipa portuguesa do momento, o Benfica está isolado na liderança do campeonato e está na final da Taça de Portugal. A outra equipa que me deixa em dúvidas se é a número 1 ou a número 2 a nível nacional é o Sporting que está em 2º lugar do campeonato a um ponto do Benfica e está nas meias finais da taça UEFA.

O Benfica ontem venceu por 0-3 o Estrela da Amadora, equipa da 2ª liga que chegou onde muitos da Superliga se calhar tinham obrigação de o fazer, o primeiro golo foi irregular e deveria ser anulado, mas venceram por 0-3 a culpa foi do árbitro? Foi só sorte?

Bem a mim pareceu-me que ontem foi o PRINCIPIO DO SONHO, engulam este sapo aqueles que não acreditam no Benfica, são a equipa melhor colocada para a conquista do campeonato, por um ponto se ganha...

TAÇA DE PORTUGAL

O Boavista foi vítima do seu futebol físico, pois jogar futebol com 9 é difícil, já que ele foi feito para ser jogado 11 contra 11.
O Setúbal consegue assim chegar a uma Competição Europeia, o que não tem correspondência com o futebol que pratica no dia a dia.
O Estrela representou bem a 2ª Liga, os fortes lá são muitos fortes e depois na 1ª andam a arrastar-se.
O Benfica dá-me raiva, porque até marcar o golo não faz nada e só consegue desembrulhar-se da prenda após ajuda de terceiros. No fim ... foi a grande exibição e a passagem com facilidade.
Triste futebol o nosso...

CULTURA DO NÃO JOGO

Em Portugal temos que perder esta cultura do não jogo.
A nova cultura, que vamos chamar de cultura do VAMOS JOGAR, deve ser baseada nos seguintes princípios:
- O jogo só pára quando o árbitro mandar;
- Se o árbitro não marcou é porque não foi falta.
Acredito que os jogos iam ser mais corridos e espectaculares.

NO DOMINGO A BOLA JÁ SABIA O RESULTADO DO SPORTING NA SEGUNDA...

terça-feira, abril 19, 2005

AMANHÃ SERÁ O PRINCÍPIO DO FIM DO SONHO?

Hoje fiquei muito mais descançado.
Trapalhoni disse que Mantorras ainda não está apto a jogar 90 minutos.
Aceito, porque esteve lesionado muito tempo e mais vale devagar para ficar bom.
Agora dizer que ele não joga, porque ía desmanchar a harmonia da equipa entre os Nunos!!!
Bem só se for fora do campo, porque lá dentro o que se tem visto ultimamente é uma derrota e um empate.
E entra Mantorras para resolver isto que está complicado.
Os Nunos dão-se bem, mas deve ser no cabeleireiro...

JÁ SABEM QUEM VAI SER CAMPEÃO DA 1ª LIGA?

NÃO SABEM!!!
É o Sporting..................................................de Braga.
Vai ganhar ao Sporting e o Sporting vai ganhar ao Benfica.
Para além disto, estão todos concentrados nos pseudo-grandes.
Por mim, o Braga merece mais do que Benfica e Sporting.
Quem não investe para ser campeão e está na luta tem sempre mais mérito do que quem apregoa que luta e está a arrastar-se.

RICARDO E OS MATREQUILHOS

Sabem qual a diferença entre o Ricardo (Guarda Redes da selecção nacional) e um boneco de matrequilhos?

A única diferença é que a bola não consegue atravessar o matrequilho, de resto é tudo igual quando a bola bate no boneco nunca se sabe o que vai acontecer.

segunda-feira, abril 18, 2005

PRESERVAR OS ESPAÇOS DESPORTIVOS

Este fim de semana, assisti ao Campeonato Regional de Mini-Trampolim e Individual que teve lugar na sala de ginástica das Laranjeiras.

Chamou-me a atenção um letreiro que estava numa das portas e vários exactamente iguais em vários sítios da sala, os letreiros diziam o seguinte: "No tapete central e no Trampolim, não é permitido outro tipo de calçado que não ténis", até aqui nada de novo e todos concordam, fiquei pasmo quando reparei que os juízes da prova estavam de fato e gravata e consequentemente com sapatos, os elementos femininos estavam com botas de salto alto, quando reparei no letreiro e depois no calçado dos juízes pensei: "acho que deviam usar sapatilhas, mas também eles não têm que ir para o tapete central e muito menos para o trampolim", pois estava errado, porque a competição começou ás 16h e terminou ás 19h e houveram vários intervalos, sempre que estes surgiam os juízes atravessavam o tal tapete central várias vezes, depois houve a entrega de prémios que foram feitas no centro do tapete e estes foram entregues maioritáriamente pelos elementos femininos da equipa de juízes.

Em três horas de competição imaginem as vezes que o tapete foi pisado por calçado inapropriado.

Quando o tapete não estiver em condições de ser usado quem fica prejudicado? Infelizmente são os atletas, que no caso são em esmagadora maioria crianças.

Será que mais ninguém repara nestas coisas? Ou será tão banal e insignificante que não mereça a atenção de ninguém?

domingo, abril 17, 2005

ESTRATÉGIA E PRESIDENTE

Que nome podemos chamar a um presidente de um clube que no dia antes da sua equipa ter um jogo que lhe pode sagrar campeão nacional, vem anunciar que não sabe se vai fechar ou não a modalidade, depois de ter assinado contratos de 3 anos com alguns jogadores?
Não sabem?
LUÍS FILIPE VIEIRA...
Parabéns Federação Portuguesa de Voleibol e Açoreana de Seguros.
Fizeram uma boa aposta, agora vão ter o retorno merecido...

COMENTÁRIO AO FUTEBOL DO BENFICA

...

O SPN ERA EXAGERADO

Para quem achou exagerado o meu comentário em PÉSSIMO SERVIÇO PRESTADO AO JORNALISMO, faça o favor de ir a http://www.abola.pt/nnh/index.asp?op=lista_tema&id=m e procure a notícia da derrota do voleibol do Benfica no dia 16 de Abril...

sábado, abril 16, 2005

E AGORA BENFICA...

Não estou a falar de futebol.
Neste caso estou a falar de voleibol.
Substimaram todos os outros.
Mas na verdade, os outros substimaram-se a si próprios.
A excepção foi o S. C. Espinho.
A Federação Portuguesa de Voleibol deu-lhes tudo, PROTAGONISMO (nº de jogos transmitidos) e PROTECÇÃO (quantos jogos favorecidos para bem da projecção da modalidade).
Agora chamaram tudo o que quiseram à FPV (ver notícia).
No fim caiu-lhes a máscara.
Cá está a realidade:
PROJECTOS FOGUETE. FALTOU O PATROCINADOR, FECHA-SE A MODALIDADE.
A mim não me enganam, já sabia que era este o desfecho.
Só falta acertar no outro, mas sábado veremos...

FIM DE SEMANA

O meu colega RA, portista ferrenho, pediu-me emprestado um filme de DVD este fim de semana.
Disse-me ele:
"Preciso de me divertir, pois:
Para ver futebol tenho que ver o Sporting ou o Chelsea.
Para chorar vejo o Porto.
Para me divertir e rir vejo o Benfica, mas já estou farto do enredo e do elenco..."

LUSITÂNIA BASKET

Fiquei surpreendido pela vitória do Lusitânia.
Não por o clube não ter valor, pois não sou um expert na modalidade, mas pela reacção dos jogadores.
Depois do anúncio público de que do plantel actual só 2 ou 3 jogadores é que são pretendidos para a próxima época, temi pela sua reacção.
Considero que aquele anúncio foi uma situação de roleta russa que podia ter tido efeitos muito nefastos.
Pelo vistos não teve, mas cuidado, porque como diz uma pessoa que conheço:
"Os jogadores não têm coração, têm bolsos. E só não vendem a mãe, porque já passou do prazo".

sexta-feira, abril 15, 2005

DIFERENÇA ENTRE SPORTING E BENFICA

Sabem a grande diferença entre Sporting e Benfica?
Os adeptos do Sporting quando vão para um jogo nunca sabem o que pode acontecer.
Os do Benfica quando vão para um jogo sabem sempre que não acontece nada de bom!!!

FUTEBOL PORTUGUÊS EM GRANDE

É verdade. O futebol português está em grande, á dois anos atrás uma equipa portuguesa (Porto) vence a taça UEFA, o ano passado a mesma equipa portuguesa venceu a Liga dos Campeões, a selecção nacional foi vice-campeã do Euro 2004 que foi organizado por Portugal e que foi um estrondoso sucesso, este ano o Sporting já está nas meias finais da taça UEFA que a final vai ser realizado precisamente no estádio Alvade XXI, em Lisboa.

Isto são os factos e ninguém os pode negar, o futebol português está de saúde, todos estes feitos foram conseguidos com treinadores portugueses á excepção do seleccionador nacional (se calhar por isso é que não fomos campeões e perdemos com a Grécia, selecção com grande curriculo europeu) e com jogadores maioritariamente portugueses. Temos o melhor treinador do mundo é pena o nosso campeonato não estar com grande nível, mas ao menos na Europa já se temem as equipas portuguesas e as equipas com portugueses.

Em todo este mar de bons feitos só tenho pena que o glorioso nunca apareça e quando o faz normalmente é envergonhado, mas tenho a esperança que este ano tudo vai mudar para os lados do ninho da águia.

GRANDE SPORTING

Uma equipa que consegue produzir a quantidade de jovens talentos que o Sporting consegue, e com regularidade, só pode ser Grande.
Moutinho é um ENORME jogador.
ENORME, porque joga que se farta, porque se entrega de corpo e alma e, acima de tudo, porque tem muita alegria a jogar.
Vibra e faz vibrar.
Ainda estão preocupados se o Figo volta para a Selecção.
Querem ganhar à Eslováquia?
Ponham a jogar o Manuel Fernandes e o Moutinho!!!

quinta-feira, abril 14, 2005

Meias UEFA

Após um início problemático, e grande expectativa dos adeptos, eis que o Sporting dá a volta ao jogo e ganha folgadamente, é pena que não seja sempre assim.

ÁRBITROS...ESTES PALHAÇOS

Será preciso dizer mais alguma coisa...

PERSEGUIÇÃO?????

A isto eu chamo incompetência, prepotência e desespero.
A única coisa que a UEFA devia ter feito era publicamente pedir desculpa ao Mourinho.
Não o fez e agora anda, a todo o custo, à procura de algo para poder dizer:
"Hã Hã, não dizíamos. Ele não presta, porque..."
Qualquer dia vamos ver:
"MOURINHO CASTIGADO, PORQUE DEIXOU CRESCER O BIGODE PARA PODER ESCONDER UM MICROFONE."
Só tenho é pena do Mourinho não ter sido esperto e contratado uma empresa de efeitos especiais de Hollywood para ir para o banco com uma máscara com a cara de um dos adjuntos.
Lembram-se da Missão Impossível!!!

PERSEGUIÇÃO

A mim já me parece perseguição da UEFA ao Chelsea e ao José Mourinho.

Já não basta a suspenção injusta ao técnico português agora no intervalo do jogo também é preciso revistar o adjunto?

Essa UEFA mete nojo...

JOGOS ESPECIAIS

Existem jogos de futebol que são especiais pelo que representam e pelas mais diversas envolvências, estes jogos caso não sejam conduzidos da melhor forma são autênticos barris de pólvora á espera duma faísca para explodirem. Foi exactamente isto que aconteceu em Milão no jogo para a Liga dos Campeões entre AC Milão e Inter Milão.
Este era um jogo super especial porque:
- duas equipas da mesma cidade, com qualidade e objectivos semelhantes;
- duas equipas rivais desde sempre;
- duas equipas que partilham o mesmo estádio;
- na 1ª mão vence o AC Milão por 2-0 em casa;
- 2ª mão estádio cheio, com a maioria dos adeptos a serem do Inter de Milão por estes jogarem em casa;
O barril já está formado, agora põe-se mais um pouco de pólvora com o AC Milão a marcar um golo e a eliminatória a ficar desfavorável para a equipa da casa em 0-3 (Inter).
Só faltava mesmo a faísca e eis que esta surge através duma atitude de pouca inteligência por parte do árbitro da partida.

Aos 73 minutos o Inter marca um golo e a eliminatória continuava desfavorável por 1-3, eis a faísca num lance duvidoso o árbitro anula o golo e BUM, rebenta a bomba.

Este foi um acto de pouca inteligência, a equipa da casa perde por 0-3 com o seu maior rival, aos 73 minutos anula-se um golo (que quanto a mim foi legal e não houve qualquer falta) á equipa da casa num lance de muitas dúvidas...

Do que estavam á espera? Acho que os árbitros e os responsáveis pelo futebol deveria ter um QI mínimo para dirigerem quer o desporto, quer os jogos, o árbitro por ser burro estragou um espectáculo de futebol e prejudicou a imagem duma equipa.

quarta-feira, abril 13, 2005

Blá! blá! blá

Já repararam que nos diversos desportos colectivos praticados na nossa região, que de um modo geral quando chegam aos patamares superiores dos seus campeonatos, a sua subida ou manutenção naqueles escalões é muitas vezes "impedida", pois as outras equipas não estão dispostas a deslocarem-se à região pois as despesas tornam-se muito elevadas para os orçamentos das mesmas? Será isto regra ........

O SANTA ESTÁ NA MODA

Pelos vistos o Santa Clara anda na boca do mundo, é pena que não seja por boas razões, a cada jornada que se aproxima o fim do campeonato a despromoção é cada vez mais um facto consumado. Resta perguntar, e agora Santa Clara, que irão fazer os seus dirigentes.....

CLUBE DO PRESIDENTE OU PRESIDENTE DO CLUBE

Ao visitar a secção de futebol na página de internet do Porto, fica a saber quem é a estrela da equipa.

A figura que mais destaque merece é o senhor Jorge Nuno Pinto da Costa a publicitar a sua autobiografia.

Isto espelha um bocado os "40 anos de dirigismo" deste clube.

ATESTADO DE INCOMPETÊNCIA

É exactamente isto que o FC Porto está a fazer com o treinador José Couceiro, este assumiu a equipa á pouco tempo e quando faltam 6 jogos para o final do campeonato e com o Porto em 5º lugar, vem a público o interesse deste clube no técnico holandês Co Adriaanse.

Lembro-me de alguns anos atrás o Benfica ter despedido o Manuel José e de ter afirmado que este não tinha competência para treinar uma equipa como o Benfica, na altura isto foi muito contestado, agora isto do Porto... Só em Portugal.

É a prova do verdadeiro desnorte do Porto, primeiro Del Neri antes de jogar já não servia, depois Fernandéz ninguém sabia se era Luis ou Victor mas tinham a certeza que era um óptimo treinador, veio a descobrir-se que este também já não servia agora era preciso um salvador e esse estava mesmo cá no Vitória de Setúbal o senhor José Couceiro, que até esteve na escola com o José Mourinho, este é que é... Afinal parece que não, agora já se sabe que para a próxima época vai ser um novo que só ainda não assinou contrato porque existem outros clubes interessados no técnico.

Será este o treinador para o Porto? Será a culpa dos treinadores ou do reinado?

terça-feira, abril 12, 2005

PIOR ERA IMPOSSÍVEL

Hoje fiquei muito desiludido. Mesmo decepcionado.
Mourinho, até parecias português.
Jogar 90 minutos à defesa, sem chama, dando tudo ao adversário para fazer o milagre?
Que desilusão.
Afinal são como os comuns.
Depois de Londres, como é possível isto.
O Bayern jogou bem?
Cada um tem a sua opinião...

DEFINITIVAMENTE ASSIM NÃO

Agora já foi demais.
A UEFA puniu o Mourinho e não o devia ter feito.
Penalizou o Chelsea duplamente, com multa e impedimento do seu treinador estar no banco em 2 jogos importantíssimos.
Impede o homem quase de respirar no estádio no dia do jogo.
E agora vem o delegado criticar porque o Mourinho não foi à conferência de imprensa de antevisão do jogo!!!
Parece incrível.
O homem não pode estar no banco, porque está castigado, mas para ir ajudar a promover a imagem da UEFA já devia aparecer.
Tenham vergonha e mão nos vossos trabalhadores (delegados).

segunda-feira, abril 11, 2005

DIZ LÁ, Ó FORMOSO

Prefiro Formoso, porque tudo o que acaba em diminutivos parece um pouco abichanado e isto no Futebol não é bem visto.
O discurso do novo treinador do CDSC antes do jogo com o Chaves foi diferente, ambicioso e realista.
Contudo, depois do jogo passou só a ambicioso e realista.
O diferente, os jogadores ajudaram a esquecer.
Também, quando se diz que não se veio alterar nada e que foi muito bom continuar com os mesmos jogadores e treinadores, tendo-se ele próprio adaptado, só se pode esperar...
MAIS DO MESMO.
Porém, gostei da parte onde ele diz que quando aceitou o convite, explicaram-lhe tudo muito bem, inclusivamente as condições que iria ter.
Assim, por uma questão de coerência agora não pode dizer que não está satisfeito.
Só espero é que no fim da época ele não se esqueça do que agora disse e se atire a tudo e a todos, porque concordo com o HSC até agora foi muito EU, EU e MAIS EU.

EU, EU E MAIS EU

O Santa Clara, mais uma vez perde um jogo em casa, não foi um jogo qualquer, antes de mais por ser com o Desportivo de Chaves e segundo por ter treinador novo, ontem antes do jogo ouvi na tarde desportiva da Antena 1 uma entrevista com o novo treinador do Santa Clara o senhor Formosinho.

Para quem ouviu a entrevista e depois viu ou soube o resultado do jogo, deve ter ficado meio baralhado, na entrevista o Formosinho era "eu estudo", "eu tenho muita experiência", "eu vou mudar o modelo de jogo", ele fazia e acontecia antes do jogo, porque no jogo nada de novo, era bom que as pessoas tivessem um pouco de recato na lingua antes de dizerem seja o que for e depois cairem no descrédito, é porque dar entrevistas e logo a seguir não acontece nada do que se disse na entrevista... Se calhar o que ele disse está certo, mas a altura em que o disse foi a mais correcta? Sinceramente acho que este é mais um dos treinadores que diz que faz e acontece mas no fim são piores que os outros todos que não fazem nem acontecem.

Senhor Formosinho, tenha calma ninguém lhe pede que faça milagres em 2 dias, mas também não precisa de ir ler o seu curriculo para a rádio, é porque eu posso dizer que sou muito bom numa determinada tarefa, mas se os outros não virem isso, será que sou mesmo bom?

Sabem porque é que um determinado carro vale 25000€?

Porque há quem os dê por aquele carro, se ninguém comprar o carro pelo preço estabelecido é porque ele não vale.

INDIVIDUALISMO NO COLECTIVO

Este é um fenómeno interessante nos desportos colectivos.
Já repararam que existem jogadores que dão nas vistas e as suas equipas não conseguem resultados?
Vou dar 3 exemplos:
- Kobe Briant: excelente basquetebolista, atinge médias altíssimas de duplos, triplos, assistências e desarmes, realiza exibições fantásticas -> os Lakers não vão ao Playoff;
- Pedro Pauleta: grande futebolista, desmarcações cirúrgicas, remate espontâneo, humildade fora das quatro linhas, grande goleador -> o PSG está afastado da luta por todas as competições em que entra;
- Andres Manzanillo: jogador exuberante, atacante potente, melhor marcador do campeonato -> os Antigos Alunos ficaram em 8 lugar;
A isto chamo INDIVIDUALISMO NUM DESPORTO COLECTIVO.
Umas vezes sem intenção do jogador, outras vezes...

domingo, abril 10, 2005

BENFICA CAMPEÃO...

Tenho que publicamente pedir desculpa à minha família, por durante 95 minutos ter caído na tentação de os trocar por um jogo do Benfica.
Grande asneira.
Não pelo resultado, mas pelo futebol praticado.
É inacreditável que esta equipa ainda vá ser campeã.
Alguém pode dizer-lhes que só se pode controlar depois de estar a ganhar?
E mesmo assim, controlar o quê?
Não serve de desculpa dizer que os outros se fecharam à defesa.
Para ser um Grande Campeão temos que dominar, subjugar e mandar.
Para ser um campeão parece que temos que jogar ... à Benfica.
Que tristeza...

ODE AO SANTA CLARA

Contra o Chaves,
E apesar de não haver entraves,
O Santa Clara perdeu,
E a torcida ainda mais esmoreceu.

Nem com o Formosinho,
Marcamos pelo menos mais um golinho,
E assim a descida será difícil evitar,
Porque a equipa não pára de escorregar

Ao contrário do que pediu o Dr. Luciano Melo,
Caminhamos para o pesadelo,
Se as derrotas não pararem,
Será difícil na 2ª Liga ficarem.

PÉSSIMO SERVIÇO PRESTADO AO JORNALISMO

A partir de hoje não compro mais o jornal A Bola.
Não tenho a veleidade ou ingenuidade de pensar que os meios de comunicação são todos isentos.
Tenho é o direito de dizer BASTA quando considero que se atinge o EXAGERO.
Qual a razão que justifica o facto da edição online daquele jornal ter publicado imediatamente a notícia (na hora) acerca do 3º jogo do playoff do título do Campeonato Carglass de voleibol, que decorreu ontem, 09 de Abril 2005, e não o ter feito aquando do 2º jogo, que decorreu a semana passada, no dia 2 de abril de 2005?
Não foram ambos notícia na hora?
Não, pois enquanto no desta semana o Benfica ganhou, no da semana passada, perdeu clamorosamente.
Assim não!!!
Não, isto não é dor de cotovelo.
Para que não hajam dúvidas da minha isenção...
EU SOU DO BENFICA!!!
E já agora, quando se ganha um jogo de volei por 3 a 2, nunca, mas nunca se teve caminhada facilitada.

sábado, abril 09, 2005

DRAGÕES DE OURO...FINGIDO

Como é possível considerar que um título numa liga nacional de basquetebol é mais importante que vencer a Liga dos Campeões de futebol?
Não sei, perguntem a Pinto da Costa, pois é o que ele pensa ao atribuir um Dragão de Ouro ao treinador Luís Magalhães em vez de a José Mourinho.
Pior do que ser ingrato é ser medíocre.

PERDER COM OBJECTIVOS

Esta época lidei bem de perto com os efeitos que as cláusulas contratuais relativas a prémios de classificação podem ter no trabalho e classificações que uma equipa pode alcançar.
Por outro lado, todos temos observado, desde algumas épocas a esta parte, estes mesmos efeitos na carreira do Santa Clara, nas ligas profissionais.
Será que é admissível ligar os jogadores só aos resultados positivos?
Não terão os clubes de começar a ligar os jogadores a resultados negativos?
Dois exemplos práticos:
- Como lidar com jogadores que por o prémio de classificação entre o 5º e o 8º lugar ser igual, não têm o brio profissional de perceber que 5º é sempre muito melhor que 8º?
- Como lidar com jogdores que sabem à partida que se o clube no fim da época descer de divisão, eles não descem, porque vão para outros clubes, recebendo ainda uma indemnização?
Em Portual vive-se ainda muito o:
OS CLUBES PASSAM E OS JOGADORES FICAM.

RECEBER MUITO, POUCOS MESES

Um dos graves problemas do desporto nacional são os incumprimentos contratuais com salários de jogadores.
É um flagelo que invariavelmente surge todas as épocas, originando situações terríveis.
Acho, no entanto, que os próprios jogadores são os maiores culpados.
90% das vezes preferem assinar contratos exorbitantes, sem garantias, sabendo que possivelmente só recebem 3 a 4 meses, em detrimento de outros que consideravelmente menores lhes permitiriam a segurança de receber 7 a 8 meses.
São geralmente apostas Kamikazes, mas que dão estatuto.
O jogador passa a ser referenciado como valendo x, mesmo que deste x nunca tenha visto um único cêntimo.
Isto faz o país viver acima das possibilidades.
Isto... tem que acabar!
E só vejo 2 hipóteses:
- mudar a mentalidade dos jogadores! (Alguém se candidata a tentar!!!)
- os organismos que supostamente supervisionam o desporto fazerem fiscalização e impedirem os incumpridores de ter sucesso desportivo, pois este fere a verdade desportiva.
Esta não passa só por os árbitros não errarem em campo, passa também por haver cumprimento das obrigações contratuais fora deles.
É essencial actuar logo no início.
Não é benéfico para ninguém exemplos como o Farense, Salgueiros, Leça e... , todos esperamos que não, Santa Clara...

sexta-feira, abril 08, 2005

Demissões

Aquando da contratação do novo treinador de futebol do Santa Clara, veio a público que, após a demissão do vice presidente Paulo Araújo já apresentada, mais dois vice presidentes se preparam para abandonar o clube.
Razões? Essas ninguém as conhece…
Tudo isto quando passam apenas cinco meses, repito CINCO meses, desde a tomada de posse desta direcção.
Que conclusão pode tirar o simples sócio que todos os domingos quase desfalece de sofrimento no apoio ao clube e que tem as quotas em dia?
As mais variadas:
1- Que a situação do clube é grave, todos nós sabemos, inclusive esses senhores, então porque aceitaram participar nas listas?
2- Será a actual gestão do clube tão desastrosa que querem “abandonar o barco” o mais cedo possível com medo de futuras ligações a gestões danosas?
3- Estão esses senhores a ver a II B cada vez mais próxima e como tal querem fugir já com medo do “desprestígio” de comandar o clube na II B?
4- A justificação de questões pessoais pode ser apresentada, mas é uma grande coincidência se forem apresentadas pelos três.
5- Serão esses senhores verdadeiramente santaclarenses?
6- Será o dr LM verdadeiramente santaclarense?

Não sei, mas todas essas ideias se instalam no pensamento dos sócios.
Talvez as justificações a serem apresentadas sejam bem mais plausíveis e elaboradas do que as apresentadas acima, e estamos nós, os sócios, a divagar e a procurar problemas onde eles não existem…

A mudança

Com o intuito de ganhar mais experiência na recta final do campeonato, o Santa Clara contratou Ricardo Formosinho para treinador principal, voltando Francisco Agatão para o posto de treinador adjunto.
É uma decisão arriscada e discutível, mas de certo modo compreensível, ainda é possível alcançar a manutenção.
Por outro lado, ressalta a cada vez maior importância de Francisco Agatão na equipa do Santa Clara. Conhece bem os cantos à casa e acabou por fazer um trabalho muito aceitável enquanto comandou a equipa, em 17 jornadas conquistou 22 pontos. Talvez alguma inexperiência, que pode ser fatal nesta fase do campeonato, tenha levado a esta situação. Aconteça o que acontecer, Agatão merece ficar no Santa Clara, é preciso não esquecer que só nos primeiros três jogos como treinador principal, igualou o pecúlio de José Morais em dez!
Que a estrelinha da sorte acompanhe Formosinho e seus pares nesta fase decisiva porque até final do campeonato ainda vão aparecer adversários muito “poderosos”…

SALVEM O DESPORTO!!!!!!!!!!!!!

Que raio de agressão bárbara é que aquele gajo do Newcastle fez ao Ricardo?
A sorte é que o guarda-redes tem cabeça dura!
E ainda ouvi que o Ameobi é um grande jogador e fez uma excelente exibição.
Claro. Depois daquilo, alguém chegava-se para perto daquele animal?
Não está em causa o resultado, pois quem sofre um golo como aquele, nem merece ser defendido.
Considero é que as entidades que dizem que supersivisonam o futebol, actuem de modo a salvar o JOGO.
Façam como a NBA, centrem-se no campo e nos jogadores, esqueçam o resto.
Num carro alguém vê as peças ou o motor.
São fundamentais, mas trabalham na sombra para dar a ribalta ao carro em si.
Tem que ser este o caminho para a salvação do futebol.
Escondam-se os mediocres e incompetentes que só têm que estar para servir o futebol e não para serem servidos ou se servirem dele.
Salvem o futebol.
E já agora, lanço um desafio aos coriscos da bancada:
VAMOS APRESENTAR PROPOSTAS CONCRETAS PARA TORNAR O FUTEBOL UM VERDADEIRO ESPECTÁCULO DE MULTIDÕES.
É que neste momento ele não o é...

DESILUDIDO COM OS DESPORTISTAS

Quem ainda não presenciou agressões entre desportistas?
Infelizmente todos nós, eu particularmente assisti a agressões violentissimas num treino de futsal entre jogadores da mesma equipa. Sinceramente, isto chocou-me e magoou-me imenso, choca-me porque não consigo perceber que um jogador de futebol/futsal não aceite levar caneladas, este não é um risco directamente ligado á prática destas modalidades? Magoou-me porque isto sucedeu, num grupo que eu criei, com um tipo em que eu tinha a maior confiança e até tinha responsabilidades no grupo mais que qualquer outro colega.

Isto acontece em vários desportos, em amadores e profissionais, mas para mim todos aqueles que agredissem colegas, adversários, etc deveriam ser irradiados do desporto, estamos no ano de 2005, num mundo em que não se quer violência e o que é que vemos? Desportistas a praticarem Boxe em campos de futebol...

Isto é mais um desabafo do que uma notícia ou comentário, é fundamentalmente um testemunho de profunda tristeza e desilusão.

quinta-feira, abril 07, 2005

A mudança

Com o intuito de ganhar mais experiência na recta final do campeonato, o Santa Clara contratou Ricardo Formosinho para treinador principal, voltando Francisco Agatão para o posto de treinador adjunto.
É uma decisão arriscada e discutível, mas de certo modo compreensível, ainda é possível alcançar a manutenção.
Por outro lado, ressalta a cada vez maior importância de Francisco Agatão na equipa do Santa Clara. Conhece bem os cantos à casa e acabou por fazer um trabalho muito aceitável enquanto comandou a equipa, em 17 jornadas conquistou 22 pontos. Talvez alguma inexperiência, que pode ser fatal nesta fase do campeonato, tenha levado a esta situação. Aconteça o que acontecer, Agatão merece ficar no Santa Clara, é preciso não esquecer que só nos primeiros três jogos como treinador principal, igualou o pecúlio de José Morais em dez!
Que a estrelinha da sorte acompanhe Formosinho e seus pares nesta fase decisiva porque até final do campeonato ainda vão aparecer adversários muito “poderosos”…

E AGORA UEFA???

Que grande tiro no pé.
Aposto que muita gente está a rezar a todos os santos, já com altar e que ainda estão por canonizar, para que Mourinho e o Chelsea não comecem a por processos em tribunal a torto e a direito.
Já viram as consequências de tudo isto?
Mourinho é arrogante, prepotente, mas afinal só disse a verdade.
Mourinho foi acusado de por em risco a integridade física do "André Fresco" da Suécia, por causa das ameaças de morte que este recebeu, mas acredito que agora esta ameaça triplicou, por consequência da mentira que afinal ele é que contou.
Aquele Senhor montou um circo à sua volta e afinal Mourinho só estava a dizer a verdade.
Como é possível???
Neste episódio ficaram mal na figura:
- o Senhor Fresco, porque mentiu;
- a UEFA, porque não resolveu um assunto internamente, preferindo mais uma vez os holofotes da imprensa, e não recolheu todas as informações antes de acusar e castigar;
- o Chelsea, porque não confiou no seu funcionário (José Mourinho) até às últimas consequências, como o próprio Mourinho fez com quem lhe transmitiu a informação.
Tantos perdedores e mais um espectáculo deplorável de quem tem por obrigação fazer tudo para que o JOGO esteja acima de tudo.
Esquecem-se que têm que ser SERVOS do futebol e não SERVIDOS pelo futebol.
Por mim todos para a rua, não merecem as paixões que o comum cidadão vive por este desporto.

E AGORA?

José Mourinho, afirmou que o técnico do Barcelona Frank Rijkaard tinha pressionado o árbitro Anders Frisk no intervalo do jogo com o Chelsea para a Liga dos Campeões.

- A UEFA, ofendeu-se disse que José Mourinho era "inimigo do futebol";
- Anders Frisk abandonou o futebol sob alegadas ameaças de morte por parte de adeptos londrinos;
- Os árbitros internacionais voltam-se contra Mourinho;
- Mourinho não se sente devidamente apoiado pelo clube e ameaça sair;
- Mourinho multado e castigado por dois jogos;
- Chelsea é roubado frente ao Bayern;

Afinal soube-se que José Mourinho tinha razão, está escrito no relatório do árbitro que foi enviado á UEFA.

E AGORA? QUAL A POSIÇÃO DA UEFA?

MÁQUINA BEM "OLEADA"

As polémicas sobre o jogo de ontem entre o Chelsea e o Bayern Munique já foram e continuarão a ser abordadas pelo meu colega SPN, por isso e por preferência vou falar do jogo propriamente dito.
Frente a frente duas equipas temidas na Europa, o Chelsea pelo futebol posto em campo através do seu treinador José Mourinho e o Bayern Munique pelas individualidades reconhecidas internacionalmente como o grande Kahn, o Zé Roberto, o Stam entre outros. Eu a nível europeu sou adepto do Bayern Munique e pelo que vi ontem sentiram a falta de jogadores muito importantes como o Roy Makaay, o Claudio Pizarro e o Demichelis.

Falando do Chelsea todos os que gostam de futebol têm que se render a esta equipa e ao seu grande treinador José Mourinho, sem individualidades, sem estrelas, com jogadores humildes e com muita vontade de jogar o que os torna numa GRANDE EQUIPA. Para quem viu o jogo de ontem aquele tipo de jogo é espectacular, com jogadas rápidas e eficientes, o Chelsea sem grandes dificuldades dominou completamente o Bayern Munique, é uma "Máquina bem oleada" onde os jogadores sabem exactamente o que têm de fazer, onde têm que estar, para onde têm que dar a bola, tudo isto consegue-se com muito trabalho, muita dedicação e muita humildade por parte dos jogadores. Grande jogo de futebol, grande Chelsea, grande José Mourinho.

Se alguém ainda tinha dúvidas, ontem perdeu-as todas o Mourinho é um grande treinador, aquele homem percebe e sabe de futebol que nunca mais acaba...

SINTO-ME INJUSTIÇADO COMO FAN DO FUTEBOL

É verdade.
Mas não fiquei parado.
Enviei a mensagem abaixo para a UEFA, com conhecimento ao Chelsea.

"Caros Servos do Futebol,

Sou um fan do futebol, que apoia o Benfica.
Estou escrevendo esta mensagem, devido ao que deixaram acontecer a noite passada em Stamford Bridge.
Foi inaceitável e pouco justo para os apoiantes do futebol.
O Chelsea foi de longe a única equipa no campo.
O Bayern não mereceu sair de Stamford Bridge com qualquer réstia de esperança em passar.
Mas saiu.
E saiu, por causa de um homem que eu nem sequer me preocupei com o nome, pois o seu principal papel é ficar escondido no jogo.
Mas este homem não conseguiu fazer isto.
No jogo todo, ele só teve um propósito: PUNIR O CHELSEA.
Eu acredito que ele não concordou só com os 2 jogos de castigo que a UEFA impôs ao Mourinho e começou a fazer justiça por sua própria conta.
Vocês, servos do futebol (não se esqueçam que o vosso papel é servir o jogo e não ser servidos pelo jogo) têm que punir este homem, da mesma forma como puniram publicamente o Mourinho, por dizer algo que nem sequer se preocuparam em descobrir se era verdade.
Os árbitros têm que perceber que têm um papel crucial no jogo, mas este papel não é aparecer e ser o centro, e muito menos fazer justiça por sua própria conta.
Vocês todos têm que reger, não aparecer.
Mas uma coisa tem que ser o principal:
A VERDADE DESPORTIVA, NUNCA, MAS NUNCA, PODE SER AFECTADA.
E em Stamford Bridge foi!!!"

PERCEBÊSTE MOURINHO?

Mourinho, já percebêste porque não nos devemos meter com os árbitros?
Um jogo perfeito, claramente dominado, com um banho de futebol, um resultado a condizer e ...
- Cartões amarelos distribuídos sem nexo, mas só para um lado (Chelsea);
- Entradas duríssimas, talvez puníveis com cartão da cor do glorioso, sem sequer um cartão chinês (Bayern)
- Por fim, a máxima dualidade de critérios, penalti a favor marcado = penalti contra não marcado (Bayern).
O penalti foi tão duvidoso, tão duvidoso, mas tão duvidoso, que o próprio árbitro ficou na dúvida e não deu cartão amarelo a quem o fez...
Mas estas eram as suas ordens: BENEFICIAR O BAYERN, A TODO O CUSTO!!!
Agora, 4-2 em vez de 4-1 e uma sensação de frio na barriga na viagem à Alemanha.
Triste espectáculo do Senhor de 2,02 e dos organismos que tutelam este desporto.
Não tiveram tomates de o castigar directamente, então fizeram-no indirectamente, mesmo que para isto sofra a verdade desportiva e mais uma vez o espectáculo...
APRENDÊSTE MOURINHO?

terça-feira, abril 05, 2005

VANTAGEM CLARÍSSIMA DO SPORTING

Acho que o Sporting tem vantagem clara em relação ao Newcastle.
Embora ambos tenham jogadores pugilistas, o que os colocaria em pé de igualdade, existe uma pequena grande diferença que pende a balança para os de Alvalade.
Os ingleses são MASOQUISTAS, batem em si próprios.
Os portugueses são SÁDICOS, batem nos adversários... depois de os ganharem em campo.
Assim, resultado previsto 3 a 2, rumo às meias.
E a Uefa até já poupa dinheiro, pois a Taça já não tem de viajar para lado nenhum.
Fica em Lisboa!!!
Mas também com o Sá Pinto e o Rui Jorge como seguranças, quem se atreve a ir lá mexer...

CORISCOS E CORISQUICES

Corisco: O Ricardo do Sporting, disse que "o Newcastle terá de contar com a atitude do Sporting em campo".
Corisca: A sério?
Corisco: Sim, agora só resta saber se será com a atitude boa ou com a má.
Corisca: Pois! Isso é muito importante, é que se for a boa atitude o Sporting ganha folgadamente e agride uma série de adversários, se for a má o Sporting simplemente perde folgadamente.
Corisco: Eu cá prefiro o lado mau do Sporting, assim ninguém se magoa.

Uah!Uah!Uah!

segunda-feira, abril 04, 2005

O calvário do Minhocas

Como se já não bastasse a penosa caminhada no campeonato da 3ª Divisão – Série Açores, com algumas boas exibições mas com resultados desastrosos, o Minhocas vê o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol aplicar-lhe três derrotas na secretaria, pelo facto de constar nas fichas de jogo destes três jogos o nome de um dirigente que estava castigado.
Jogadores sem treinar, ordenados em atraso e dirigentes que se escondem cobardemente da realidade do clube, não é de facto uma imagem positiva para o desporto açoriano.
Não basta festejar efusivamente as subidas de divisão, esquecendo as realidades dos clubes. É fundamental sustentar essas mesmas subidas ao nível organizativo, criando estruturas capazes de desenvolver um trabalho eficaz e competente sem perigar o futuro dos clubes. Assistimos a uma preparação da época desportiva do Minhocas escandalosa, com promessas de contratos milionários a atletas do continente, contratos esses que claramente eram muito superiores face aquilo que o clube podia oferecer. O resultado está à vista, muitos jogadores já saíram do clube deixando o mesmo numa situação que em nada dignifica a sua primeira participação num campeonato nacional.
Queiram os dirigentes assumir as principais directrizes do seu trabalho e saibam enquadrá-la na realidade dos clubes, assumindo se necessário, a vontade de não pretender uma subida de divisão conquistada desportivamente, que venha inevitavelmente a hipotecar o futuro. É que de clubes falidos e com o futuro muito incerto estamos todos nós já fartos.

Os fantasmas

Que Luís Figo é um grande jogador ninguém duvida, agora, depois do próprio decidir ausentar-se da selecção, que razão ou lógica há em estar sempre a falar no “fantasma” Figo, se vai voltar ou não à selecção?
Parece-me delirante ver as capas dos jornais desportivos a seguir a um empate escandaloso (digo eu), nas quais vinha em grande destaque o treinador nacional a dizer que o Figo voltava à selecção quando quisesse e muito bem entendesse, pois havia sempre lugar para ele. Bem, se isto não é gozar com os atletas que actualmente vão à selecção, é uma forma muito estranha de os motivar.
É por estas e por outras que ALGUNS jogadores vão para a selecção descansar, pois se já são estrelas e heróis nacionais, sem terem ganho absolutamente nada, para quê estarem a correr e a esforçar-se correndo o risco de se lesionar, prejudicando assim os seus clubes?
Já é altura de apostar a sério nos novos valores que já apresentam grande qualidade, esquecendo de vez vícios antigos e todos aqueles que não procuraram elevar o nome da selecção mas sim o seu próprio nome.

Liguilha só para uns

Há muitos dirigentes desportivos açorianos que apenas olham para o seu próprio umbigo, ignorando tudo o que se passa à sua volta, não procurando defender o desporto açoriano.
É inaceitável a limitação de clubes açorianos vigente na II Divisão B – Zona Sul, restringindo a sua participação a apenas três emblemas quando o mesmo não acontece relativamente aos clubes madeirenses.
Este ano, apenas o treinador do Operário (curiosamente o clube açoriano melhor classificado nesse campeonato e portanto mais longe da famigerada liguilha), veio a terreno insurgir-se contra a tal lei, optando os outros pelo silêncio e hipócrito comodismo. Em vez de se unirem, inclusive o Santa Clara, e lutarem por uma igualdade de direitos face aos clubes da Madeira, os dirigentes assumem uma postura de silêncio que não se compreende!
Conseguir a manutenção e como tal o direito desportivo de participar nessa mesma divisão no ano conseguinte, e vir a perder esse direito por uma liguilha é injusto e inaceitável, como inaceitável também é um clube ganhar uma competição nacional (3ª Divisão Nacional – Série Açores) e poder vir a perder o direito de subida, caso venha a perder na liguilha.
O Lusitânia foi vítima dessa injustiça e cabe a nós açorianos, levantar a voz e encontrar formas de luta para acabar com essa “vergonha nacional”.

Ainda existem cavalheiros

O jogador Marcos António emprestado pelo FC Porto ao Gil Vicente foi “vítima” do “acordo de cavalheiros” existente entre as direcções dos dois clubes para a não utilização do jogador no jogo FC Porto - Gil Vicente. Pinto da Costa acordou com António Fiúza que o defesa central brasileiro (habitual titular nos gilistas) não defrontaria os azuis e brancos – numa clara violação dos actuais regulamentos da Liga de Clubes – e o recém eleito presidente gilista confirmou esta semana que Marcos António ficaria de fora.
Este é o campeonato que temos e que muitos querem intitular como de igualdade e nivelado por cima em termos de qualidade. Claramente não é!
Situações como esta ocorrem quase todos os fins de semana o que viola e condiciona a verdade desportiva. O que não se percebe é a razão do medo dos clubes em não permitirem a utilização dos seus jogadores emprestados. Se não têm valor para estar na equipa principal e são postos a rodar, porque razão temem a sua utilização?
Sempre fui, e continuo a ser, contra os empréstimos porque acho que é um péssimo acto de gestão para os clubes que acolhem esses mesmos emprestados, porque no fundo estão a servir os interesses dos grandes clubes, sendo mesmo autênticas marionetas nas mãos destes.
Mas o mais revoltante é que os clubes fazem esses “acordos de cavalheiros”, violando claramente as regras sem que não haja qualquer tipo de punição!
Em vez de aceitarem jogadores emprestados, procurem os treinadores e dirigentes jovens com qualidade que por aí proliferam nas divisões inferiores, ávidos de uma oportunidade para poderem demonstrar o seu valor.

Ainda a formação

Apoio a ideia de que a aposta na formação é fundamental, e que grande parte do apoio governamental deve ser para ela canalizado. Mas terão que ser só alguns clubes a ter essa aposta?
É preciso dar condições mínimas aos nossos jovens e isso passa por apostar mais em treinadores com formação desde o escalão infantil, que possam não só formar jogadores mas acima de tudo homens do desporto incutindo-lhes o espírito desportivo; garantir que em todos os jogos estão presentes e completas as equipas de arbitragem que para além de um papel pedagógico na aplicação das regras do jogo, possuam o mínimo de qualidade.
O que temos actualmente no futebol? Um Pauleta, um Sociedade, um Miguel Soares e nada mais! É preciso abrir a mentalidade do jogador açoriano, fazendo com que ele possa acreditar mais nas suas qualidades e no seu trabalho, apostando e aspirando a mais altos voos, queria ele dar esse passo e tenha qualidade física e mental para tal. E isso aplica-se a todos as modalidades.
É muito triste ver, ao longo dos anos, tantos jogadores açorianos com grande qualidade que por uma ou por outra razão acabam sempre por ter uma carreira regional discreta ou acabam mesmo por abandonar a prática desportiva.

MODALIDADE EM EXPANSÃO

Existe uma modalidade em franca expansão nos Açores, é o voleibol.
Antigos Alunos masculinos, Ribeirense masculinos, Ribeirense femininos, Escola dos Arrifes femininos, Clube K masculinos, Clube K femininos, Fonte de Bastardo masculinos, etc...

Estes são todos clubes açoreanos a competir em competições nacionais (A1 e A2), é certo que uns a subirem outros a descerem, uns a fecharem outros a solidificarem, seja como for é uma modalidade com bastante expressão nas nossas ilhas, esperemos que estes projectos continuem e que apareçam os apoios necessários para que se mantenha este panorama e que se melhor a qualidade do voleibol açoreano que infelizmente é mais brasileiro (entre outros) do que português, mas este é um mal nacional existem mais jogadores estrangeiros a jogarem voleibol em Portugal do que portugueses.

ALTO/BAIXO NÍVEL

A meu ver (sou apenas adepto de voleibol não percebo nada deste desporto, não sei as regras todas, nem conheço as posições dos jogadores) o jogo entre o Espinho e o Benfica foi um excelente jogo de voleibol. (PONTO)
Isto leva-me a dizer que foi um jogo ao mais alto nível.

Um jogador com 39 anos e de baixa estatura foi o melhor jogador em campo e o grande sustento da equipa do Espinho. (PONTO)
O Benfica deveria ter jogado mais e melhor...
Isto leva o SPN a dizer que foi um jogo de baixo nível.

Não é de louvar um jogador como o Paulo Brenha que tem 39 anos e estatura baixa seja o melhor em campo num jogo tão importante?

A isto chamo competência, entrega, experiência, dedicação e excelente forma física.

Continuo a achar que foi um excelente jogo, tal como muitos especialistas...

Cabelo pintado antes de ser campeão = FOLCLORE?
Discordo plenamente, acho uma estratégia de marketing excelente por parte dos jogadores, aplaudo e não será pelo cabelo que estes jogam melhor ou pior.

Quantos folclores não são cometidos antes de se iniciarem a época?

Tumultos - Boavista 0 - Sporting 4

O que fica da vitória do Sporting frente ao Boavista no Bessa, foram os tumultos que ocorreram no intervalo e no fim do Jogo, entre jogadores do Sporting e dirigentes e jogadores do Boavista, que a serem verdade, deveriam levar a uma suspensão da activiade desportiva dos responsáveis por estes actos. O futebol daqui a dias evolui para um jogo de boxe com golos....

domingo, abril 03, 2005

VOLEIBOL AO MAIS BAIXO NÍVEL

HSC,
acho que este será provavelmente o melhor título para uma notícia acerca do 2º jogo do playoff do título do Campeonato Carglass de voleibol.
Baixo, porque ganhou-o um jogador de 39 anos com uma estatura que deve rondar os 1,70 (suposição).
Baixo, pelo que o Benfica mostrou.
Enorme, pelo que o Espinho jogou.
Lembro aqui que eu sempre disse que em minha opinião o Benfica não tinha estofo para lá chegar e em todo o playoff ainda não o mostrou.
Graves problemas devem estar a acontecer no reino da águia, pois muitos sinais têm sido dados ao exterior: a equipa não joga (será que alguma vez jogou), o jogador da posição mais importante do voleibol, o Oposto, deixou de fazer parte do 7 base, os jogadores discutem, o treinador não consegue estabilizar um 7.
Isto leva-nos a uma outra discussão.
No desporto o dinheiro não é, nem pode ser tudo.
O factor psicológico ganha cada vez mais força.
Num playoff ganha quem tem estofo de campeão, quem nos momentos decisivos não treme, quem está mais concentrado no objectivo.
O maior erro da história do futebol do Benfica foi quando Artur Jorge desmembrou uma equipa campeã e mostrou aos adversários que podiam com facilidade ganhar.
O maior erro do voleibol do Benfica este ano, aconteceu na 1ª fase, foi mostrar ao Espinho que eles podiam ganhar e logo na Luz.
Agora... bem agora eles já acreditam e adivinhem quem vai estar sobre pressão no 3º jogo!!!
Meus amigos, só se pinta o cabelo depois de ser Campeão....
Antes, é FOLCLORE...

VOLEIBOL AO MAIS ALTO NÍVEL

Ontem disputou-se o segundo jogo do playoff da final do campeonato nacional de voleibol entre o Espinho e o Benfica.
A equipa da casa venceu por claros 3-0, deitando por terra o Benfica que havia ganho o primeiro jogo. Foi um excelente jogo em que esteve em destaque um grande jogador (que para voleibol até é bem pequeno) o veterano Paulo Brenha, meus amigos este senhor deu cartas e voltou a dar e nunca se cansou, grande jogo de voleibol e da equipa do Espinho mas principalmente deste homem, uma palavra ainda para a composição das bancadas que estavam lotadas a 100 %.
Esta vitória do Espinho, ou melhor a derrota do Benfica vem deixar muita gente entendida do voleibol sem palavras, ao longo de todo o campeonato temos ouvido treinadores e dirigentes de outras equipas dizerem que "o Benfica tem que ser campeão", "a Federação quer que o Benfica seja campeão", "dá jeito que o Benfica seja campeão", "o ranking dos clubes estão feitos pelo orçamento de cada um deles, basta olhar para a tabela classificativa", tudo isto pode ser verdade mas o Espinho ganhou e os árbitros foram isentos segundo o que vi houve dois pontos mal marcados um para cada.
As grandes questões são:
O Benfica tem a melhor equipa?
Provavelmente tem mas têm que ganhar os jogos em campo.
O Benfica tem o maior orçamento?
É bem provável que sim, mas o dinheiro sozinho não faz a equipa é preciso saber escolher os jogadores, isto se calhar é o erro de outras equipas que compram sem saber o que estão a comprar, sabem existem produtos caros bons, caros maus, baratos bons e baratos maus...resta saber se quem tem pouco dinheiro está a comprar o barato bom ou mau, se calhar...
O Benfica merece ser campeão?
Claro que sim, foi a equipa mais regular, no entanto o título ainda está em discussão e estou em querer que isto só se resolve ao quinto jogo.
As outras equipas quando defrontaram o Benfica fizeram tudo o que estava ao seu alcance para ganhar o jogo ou complicar o mesmo?
É provável que não por tudo aquilo que se tem ouvido falar do Benfica o pensamento é mais do tipo "o Benfica tem que ser campeão, por isso não vale muito a pena ganhamos o próximo, porque o Benfica tem um orçamento maior que o nosso, é porque a federação gosta é do Benfica...".

Treinadores e dirigentes preocupem-se com a vossa equipa, os adversários têm bastante gente a preocupar-se com eles, vocês já estão a fazer parte do trabalho que deveria ser deles. Se a vossa equipa perde é por culpa vossa, mesmo que os outros sejam melhores o erro foi sempre de alguém da vossa equipa, mesmo que os outros tenham todo o mérito, e já agora o Benfica não é invencível nem o era quando defrontou a vossa equipa, mas agora é tarde só quem tem a oportunidade de provar isso é o Espinho.

sábado, abril 02, 2005

APOSTAR NA FORMAÇÃO CLARO...QUE NIM

A equipa de juniores do Praiense, sagrou-se Campeã Regional de Futebol e ganhou o direito a participar no Campeonato Nacional, integrada num grupo que pelo menos sei que tem o Penafiel e o FC Porto.
Qual não foi o meu espanto quando ouvi que a sua participação esteve em risco, porque (e agora pasme-se) os dirigentes das Associações de Futebol da Terceira não arranjaram ainda disponibilidade para realizar a sua respectiva cimeira com a DREF, colocando assim em risco as verbas que lhes são destinadas!!!
Não será isto brincar com o trabalho de clubes, dirigentes e treinadores e acima de tudo com o sacrifício e entrega de miúdos que agora todos passamos a querer formar?
Como é possível que ao chegar à fase mais importante das épocas desportivas ainda não estejam definidas as verbas com que as associações podem contar para a presente época!
Isto está tudo trocado ou sou eu que não percebo nada disto?
Não deveria estar tudo definido antes de começar a época?
É assim que queremos apostar na formação de jovens, chegando à altura de ir a um Nacional e dizer aos miúdos:
- OLHEM, VOCÊS AFINAL NÃO VÃO JOGAR COM O PORTO, PORQUE O GOVERNO SÓ AGORA É QUE VAI DIZER QUANTO DINHEIRO TEM DISPONÍVEL, MAS A ASSOCIAÇÃO NÃO TEM TEMPO PARA FAZER ESTA REUNIÃO!!!
MAS VOTEM EM NÓS, PORQUE NÓS APOSTAMOS NA FORMAÇÃO, OU SEJA, EM VOCÊS!!!
Só tenho uma palavra para isto:
PALHAÇADA

sexta-feira, abril 01, 2005

REGRESSO QUE NÃO SE SAÚDA

Sempre reconheci em Figo uma grande capacidade futebolística, mas também uma enorme capacidade empresarial.
Este anunciado regresso, que ainda não foi confirmado...nem desmentido, cheira-me mais a GESTÃO DA CARREIRA do que VONTADE DE AJUDAR A SELECÇÃO.
Para além disto, tenho medo, verdadeiro pânico, dos reflexos que isto VAI ter no grupo que tem estado a carregar a selecção até aqui.
Quem é que gostava de estar a trabalhar num projecto na sua empresa e no fim do projecto, depois de 80% do trabalho estar feito e próximo do êxito, ver chegar e ser reintegrada uma estrela que até se tinha recusado a participar antes.
Só vejo prejuízos para a nossa Selecção.
E uma tentativa desesperada de fazer renascer uma carreira e arranjar um contrato, que parece não querem que seja no Real Madrid.
Tenho pena do miserabilismo do nosso futebol, mais uma vez personificado pelo Sr. Madaíl e pela sua reação ao possível regresso.
Só resta perguntar:
- Quem irá sair para o Figo entrar?
- Quantas posições irá o Figo assegurar para colmatar as possíveis saídas de jogadores que se sintam injustiçados por este regresso?
Se fôsse eu saía!!!

RE: O MESMO ENTRE MILHARES

HSC, a minha explicação para este fenómeno é simples: INCOMPETÊNCIA DAS SECÇÕES DE PROSPECÇÃO DESTES CLUBES.
Não têm ideias próprias, não têm um projecto e não têm um modelo de desenvolvimento.
Em suma não sabem o que procuram.
Em vez de um modelo Nórdico de aposta em I&D, preferem o modelo dos tigres da Ásia, copiar e roubar ideias.
A única excepção a isto foi quando o Mourinho esteve no Porto, onde contratou sempre com determinado objectivo.
Aí entramos num outro grande tema de discussão:
QUAL O MODELO ORGANIZACIONAL QUE DEVERÁ SER RESPONSÁVEL PELAS CONTRATAÇÕES?
QUEM DEVERÁ SER O RESPONSÁVEL PELAS CONTRATAÇÕES: TREINADOR OU PRESIDENTE?

O MESMO ENTRE MILHARES

Existem milhares de jogadores espalhados pelo mundo com qualidade para jogarem nas grandes equipas portuguesas, por isso gostava de perceber o fenómeno que eu chamei de "o mesmo entre milhares", este é um fenómeno que acontece sucessivamente entre Porto e Benfica estas duas equipas disputam sempre os mesmos jogadores entre si, o mais recente caso é o de Lisandro Lopez foi dado como certo no Benfica hoje já afirmam que 90% já é do Porto.
Neste andar estes dois ainda vão disputar o estádio ou até o presidente, se alguém me conseguir explicar a verdadeira razão para que esta situação aconteça quase para todos os jogadores que vêm para uma e outra equipa, ficava agradecido.